73% rejeitam CPMF, diz pesquisa CNI | Fábio Campana

73% rejeitam CPMF,
diz pesquisa CNI

Vera Magalhães, Radar On-line

As entidades da indústria vão manter a pressão contra a recriação da CPMF, mesmo depois de a equipe de Henrique Meirelles tirar a contribuição da previsão de receita deste ano.

A CNI divulga nesta semana pesquisa que aponta 73% de rejeição à volta do tributo.

Para 70% ele é injusto, pois afeta a todos independentemente da renda.

E 59% dizem que a CPMF é inflacionária. A CNI entrevistou 2.002 pessoas em 143 municípios.


2 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 27 de junho de 2016 – 10:57 hs

    A CNI é inflacionária. O sistema confederações, federações e sindicatos patronais, junto com o sistema S é um dos sugadores de recursos do Brasil. As contribuições compulsórias servem para sustentar um estrutura burocrática imensa que paga salários régios, inclusive para os dirigentes destas entidades, à título de verbas de representação. Há presidentes de federação patronal ganhando mais de 50 mil por mês e são reeleitos sem limitação. São parasitas e saprófitas da atividade empresarial que precisam ser desmascarados e extintos.

  2. COMANDO
    segunda-feira, 27 de junho de 2016 – 12:37 hs

    Cortem mordomias que é um exagero nos governos, Federal, Estadual e Municipal…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*