Zeca Dirceu lidera invasão nas 3 escolas de Maringá | Fábio Campana

Zeca Dirceu lidera invasão nas 3 escolas de Maringá

índice

O deputado Zeca Dirceu (PT) – filho do ex-ministro Zé Dirceu preso pela Lava Jato e condenado pelo juiz Sérgio Moro – é um dos principais articuladores e incentivadores da invasão de três escolas em Maringá, deixando centenas de estudantes sem aulas, professores, mães e pais preocupados. Pelo instagran, o deputado já pede alimentos, cobertores, produtos de limpezas como doações para os estudantes nas escolas. Nada disso falta nas escolas de Maringá.

Dirceu, o filho, votou contra o impeachment de Dilma e recentemente teve um ex-assessor preso por assalto a mão armada e molestamento sexual na Argentina. O deputado também recebeu dinheiro de Milton Pascowitch, delator na Operação Lava Jato. O lobista doou R$ 10 mil na campanha de deputado federal do petista em 2010. O irmão de Pascowitch, José Adolfo e outro lobista Julio Camargo também doaram R$ 10 mil cada para Zeca Dirceu.

Milton e seu irmão são donos da Jamp Engenheiros Associados, pivô da chamada fase Pixuleco da Lava Jato. A empresa foi usada pela Engevix para pagar propinas a José Dirceu, incluindo a reforma de uma casa, no valor de R$ 1,3 milhão, e na contratação de táxi aéreo, segundo as investigações.

Na campanha de 2014, a Engevix repassou R$ 570 mil para a campanha do filho de Dirceu. Neste ano, a empreiteira foi a maior doadora da campanha de Zeca Dirceu – 28% dos R$ 2 milhões declarados pelo petista. A Engevix firmou R$ 4 bilhões em contratos com a Petrobras, incluindo obras do pré-sal.


6 comentários

  1. João
    sábado, 28 de maio de 2016 – 11:43 hs

    Tal pai tal filho. Merenda? Só para cheches e ensino fundamental. Daí pra frente leve de casa, com sempre fizemos. Este é mais um gancho para a petezada de aproveitar para iludir, enganar, ludibriar o povo.

  2. Do interior
    sábado, 28 de maio de 2016 – 12:14 hs

    Tem que fazer como em uma cidade que passou na TV esses dias: juntar os cidadãos de bem (maioria) e retirar estes vadios (minorias) das escolas. Essa bagunça tem que acabar. Até quando as minorias irão querer impor suas vontades à grande maioria?

  3. Fazendário falido
    sábado, 28 de maio de 2016 – 12:39 hs

    CADEIA PRA ESTE CANALHA. JUNTO COM ESTES FALSOS ALUNOS. CHEGA DE IMPUNIDADE.

  4. Haroldo
    sábado, 28 de maio de 2016 – 13:28 hs

    Quem sai aos seus não degenera?

  5. Helena
    sábado, 28 de maio de 2016 – 22:48 hs

    Acho que ele este quer fazer companhia para o pai na cadeia.

  6. Ângela Ricci
    domingo, 29 de maio de 2016 – 23:24 hs

    A PGE tem que cobrar dele a responsabilidade pelos prejuízos ao patrimônio público. Fora PT trambique

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*