"Vou ficar aqui brigando", diz Dilma | Fábio Campana

“Vou ficar aqui brigando”, diz Dilma

Nesta sexta-feira, 6, Dilma Rousseff visitou obras da transposição do rio São Francisco em Cabrobó, sertão pernambucano. E disse para agricultores, operários e militantes petistas que vai continuar brigando caso seja afastada da Presidência pelo impeachment. “Eles queriam que eu renunciasse. Mas, se eu renunciar, iria para debaixo do tapete. Eu não vou para debaixo do tapete, eu vou ficar aqui brigando”, afirmou a presidente.

Dilma disse ainda que inventaram uma “tal de pedalada fiscal” para afastá-la do cargo. Garantiu que esta é uma prática comum de governadores, prefeitos e ex-presidentes. Em seguida, citou decretos assinados pelo Fernando Henrique Cardoso (PSDB).


7 comentários

  1. Fazendário falido
    sexta-feira, 6 de maio de 2016 – 18:43 hs

    AH TA……………………………….

  2. Zé Ninguém
    sexta-feira, 6 de maio de 2016 – 19:11 hs

    É, e com que dinheiro, com o dinheiro de quem? Quero ver o dia em que a querida companheira tiver que pagar pela comida que come no hotel em que está hospedada. Duvido muito que outros hotéis assumam o custo da hospedagem de comitivas de já valis, gente que já era e ainda acredita que manda alguma coisa. Viajar como comer e beber de graça não tem igual, o gosto fica muito melhor.

  3. Big Peter
    sábado, 7 de maio de 2016 – 4:31 hs

    A Dilma tem que ser interditada, ou presa imediatamente. Ela não pode sair por aí ostentando uma faixa presidencial, e falando besteira o tempo todo, pra dizer o mínimo.
    Essa mulher nunca foi boa da cabeça; basta analisar o que já aprontou nesse país, nos últimos 50 anos.
    Interdita já, por total falta de controle de suas faculdades mentais; ou liga pro Moro, pedindo-lhe que dê uma acelerada no processo dela, jogando-a, já, ela e o Lula, na mesma cadeia, no mesmo dia, para gáudio das pessoas de bem desse nosso Brasil, que tanto sofreu, sofre, e sofrerá, devido a essa dupla de celerados e sua cumpanherada safada.

  4. JÁ ERA...
    sábado, 7 de maio de 2016 – 4:56 hs

    Esta mulher está totalmente desequilibrada há muito tempo. Se
    as pedaladas fossem invenção, como o Lula costuma dizer, o STF
    não teria referendado. Ela vai continuar brigando sim, mas com
    ela mesma !!!

  5. Mario
    sábado, 7 de maio de 2016 – 11:50 hs

    Não seria Cabrobó – PE ?

  6. Dartagnan
    sábado, 7 de maio de 2016 – 17:00 hs

    Realmente, a presidentA está órfã de assessoria. Imagine se a menção a ir para baixo do tapete é imagem que se utilize numa situação dessas! O que é que se varre para baixo do tapete? LIXO!! E a pobre coitada juntou todos os seus neurônios, que teimam em desampará-la nos momentos cruciais de sua história, para afirmar alto e bom som que ela é um lixo que se recusa a ir para baixo do tapete. E explicou, com sua didática de ameba arrimo de família, que vai ficar por cima do tapete, e não por debaixo dele (como pretendem a elite branca e a mídia golpista).

  7. Do Interior...
    sábado, 7 de maio de 2016 – 19:06 hs

    Mi mi mi mi

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*