TCU proíbe Eletrobras de aplicar US$ 100 milhões em obra na Nicarágua | Fábio Campana

TCU proíbe Eletrobras de aplicar US$ 100 milhões em obra na Nicarágua

eletrobras

O TCU proibiu a Eletrobras de fazer aportes na construção da usina de Tumarín, na Nicarágua. A decisão cautelar vale até que o tribunal julgue o mérito do caso. A obra, de US$ 1,2 bilhão, é de responsabilidade da Eletrobras em parceria com a Queiroz Galvão – investigada pela Operação Lava Jato. Segundo o TCU, estava autorizado no orçamento da estatal um aporte de US$ 100 milhões em 2015 e 2016.


6 comentários

  1. BinLaden
    segunda-feira, 30 de maio de 2016 – 19:52 hs

    Chega dessa sangria.
    Enquanto os Bolivarianos se refestelam com nossa grana, nós aqui vivemos de pão água, ou melhor, só água

  2. Profª Marisa
    segunda-feira, 30 de maio de 2016 – 20:41 hs

    Acorda, Brasil !!!
    Por que na Nicaragua?? Engraçado, somente em países com bandeiras vermelhas…

  3. Juca
    segunda-feira, 30 de maio de 2016 – 20:54 hs

    E pensar que no Brasil ainda há dezenas de com unidades e pequenos vilarejos sem energia elétrica na segunda década do século 21! Que vergonha, nosso dinheiro sendo aplicado pelo PT em território alheio.

  4. FUI !!!
    terça-feira, 31 de maio de 2016 – 4:16 hs

    Não existe maior crime do que tirar o nosso suado dinheiro e in-
    vestir maciçamente em qualquer outro país. Somos tão ricos assim !?
    O PT conseguiu acabar com o Brasil mesmo.

  5. João
    terça-feira, 31 de maio de 2016 – 10:57 hs

    Na Nicarágua? Mas a Eletrobrás não está quebrada?

  6. terça-feira, 31 de maio de 2016 – 14:25 hs

    Vamos lá Dr.Temes, acelere a troca dos corruptos dos cargos púbico e das empresas de economia mista eles continuam com
    a politica de favorecimento, aplicar no exterior e nada em nosso Pais.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*