Richa recebe estudantes e mostra que o Paraná investe 34,5% em educação | Fábio Campana

Richa recebe estudantes e mostra que o Paraná investe 34,5% em educação

índice

O governador Beto Richa recebeu nesta segunda-feira (30) um grupo de representantes da Upes e destacou que o investimento em ensino no Paraná chega a 34,5% do orçamento, bem acima do limite legal, que é de 30%. Richa ressaltou, ainda, a melhoria da merenda escolar nos últimos anos. Hoje, disse ele, 51% dos produtos são da agricultura familiar. O governador também lembrou o esforço para a valorização dos profissionais da educação.

Antes do encontro com o governador os estudantes tiveram reunião com o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, e a secretária da Educação, Ana Seres na Casa Civil, quando firmaram um acordo para que não haja novas ocupações de escolas. Também participaram desta reunião os deputados estaduais Hussein Bakri e Professor Lemos, que integram a Comissão de Educação da Assembleia Legislativa.

O governo assumiu o compromisso de garantir uma vaga para os estudantes no Conselho de Alimentação Escolar, que é a principal reivindicação dos jovens. Também será elaborado um estudo sobre a possibilidade de aumento do número de nutricionistas na Secretaria de Estado da Educação.

O governo se comprometeu, ainda, a repassar um relatório aos estudantes sobre a situação das obras de escolas que estão paralisadas. Outro acordo foi de que não serão adotadas ações judiciais para reparação danos em escolas ocupadas, sem que haja, antecipadamente, uma negociação amigável em caso da identificação de prejuízos ao patrimônio.

O encontro com os alunos foi um compromisso do Governo do Estado para que os estudantes desocupassem três colégios estaduais em Maringá, no Noroeste do Paraná, o que ocorreu pela manhã desta segunda-feira.

Rossoni explicou que problemas pontuais na distribuição de alimentos para escolas foram motivados pela cautela do Estado na realização de licitações, para evitar qualquer questionamento legal. “Quanto mais transparente melhor”, explicou ele, deixando aberto um canal de diálogo com os estudantes.

Estudante de cursinho pré-vestibular e presidente da Upes, Matheus dos Santos, disse que a reunião com o governador foi positiva e que o governo estadual se mostrou aberto ao diálogo. “As ocupações estão suspensas. Apresentamos alguns pedidos e o governo se comprometeu a avaliar”, disse ele.

Durante a reunião, Santos disse que passou por outros estados e reconheceu que a merenda do Paraná é melhor. “Reconhecemos que é boa, mas precisamos avançar ainda mais”, defendeu. Souza liderou a ocupação de escolas em Maringá.


Um comentário

  1. Haroldo
    terça-feira, 31 de maio de 2016 – 15:02 hs

    Governador Richa: “estadista” que ficará na história por preferir criminosos, vide encontro com o MST e agora com vândalos.
    Esse comportamento seria pulsão ou compulsão?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*