Paraná se preparou para enfrentar a crise, diz Richa | Fábio Campana

Paraná se preparou para enfrentar a crise, diz Richa

beto-richa3

Nesta quinta-feira, 19, em Francisco Beltrão, o governador Beto Richa afirmou que o Paraná está na contramão da crise nacional, graças à antecipação de medidas para o enfrentamento das dificuldades econômicas do País. “No Paraná não sobra dinheiro, mas a situação é incomparável com a dos demais estados. Temos uma situação muito confortável, porque nos preparamos para isso”, afirmou Richa ao liberar recursos para 34 cidades do Sudoeste.


Richa citou, como exemplos da situação diferenciada, o apoio do Estado aos municípios, o pacote de investimento de R$ 700 milhões em recuperação das estradas estaduais, o reajuste (10,67%) e o pagamento em dia dos servidores estaduais. “É uma demonstração clara de que nós nos preparamos para enfrentar a crise. O ajuste que fizemos no ano passado, com medidas impopulares, duras, foi para proteger o Estado”, afirmou.

Os R$ 111 milhões liberados nesta quinta-feira e sexta-feira vão atender 350 cidades de todas as regiões do Estado. São recursos do Estado, de financiamento e emendas de parlamentares previstas no orçamento estadual. Pela manhã, Richa esteve em Ponta Grossa. Nesta sexta-feira ele irá a Cascavel (Oeste) e a Maringá (Noroeste).

Obras de melhoria urbana, como asfalto, ciclovias, urbanização, paisagismo, construção de praças e calçadas, estão entre as realizações. Além disso, compra de caminhões, veículos, implementos agrícolas e equipamentos rodoviários, óleo diesel, calçamento de estradas rurais, academias ao ar livre.

Richa lembrou que nesta semana foram liberadas 80 ambulâncias, das quais 24 para municípios do Sudoeste. “Em pouco mais de cinco anos, já liberamos aos municípios paranaenses 700 ambulâncias. Veículos para a saúde em geral, são 2.188”, disse.

(foto: Pedro Ribas/ANPr)


8 comentários

  1. PUNISHER
    sexta-feira, 20 de maio de 2016 – 10:27 hs

    AGENTE FAZENDÁRIO ESTADUAL. RESTRUTURAÇÃO URGENTE.

  2. Marcus
    sexta-feira, 20 de maio de 2016 – 10:29 hs

    Meu Deus Campana. Aumentou o soldo?
    Só da Richa , família et caterva. Sem falar da família Barros.
    Vai ser difícil, meu caro, teu candidato virou suco e a familia Barros, além de pé vermelho, não resiste a uma auditoria.
    É uma vergonha com seus leitores.

  3. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 20 de maio de 2016 – 10:34 hs

    Sei, sei. Vamos ver quem vai defender os aposentados e pensionistas quando começar a faltar o dinheiro tungado. A cigarra tomou o lugar da formiga e quando o inverno chegar…

  4. Ezequiel Carlos Prieto
    sexta-feira, 20 de maio de 2016 – 10:36 hs

    O caro Governador Beto Richa deve pensar que a maioria da população é idiota como os que o cercam. Corre o “pires” em Brasília mendigando empréstimos porque como gestor é uma calamidade.

  5. PEDROCA DO SUDOESTE
    sexta-feira, 20 de maio de 2016 – 10:58 hs

    Com o tarifaço do IPVA e ICMS que efetuou ,óbvio que teria que ter alguma grana.Nada mais,que aquilo que arrecadou no lombo dos paranaenses seu Beto Richa.Só,poderia fazer menos comicios .

  6. medonho
    sexta-feira, 20 de maio de 2016 – 11:17 hs

    o Paraná é forte em razão do sistema de cooperados, tem o orçamento maior que o Estado. O povo passa dificuldade, pois, não enxergamos este mar de prosperidade que o sr beto richa propaga,
    empresas fechando, baixo consumo, e desemprego desenfreado.
    A SOCIEDADE PROLETÁRIA em época de crise são os que mais sofrem os efeitos.
    Vamos atrair o resto do Brasil, os imigrantes, este estado vive a maior prosperidade, balela. Nós que vivemos no mundo real e dependemos do sagrado suor sabemos da realidade nua e crua.
    CHEGA DE DEMAGOGIA FALSA CORTE FRANCESA.

  7. sexta-feira, 20 de maio de 2016 – 11:40 hs

    O Paraná segue avançando, o Governador Beto Richa se antecipou crise que já se instalava no País, e fez os ajustes necessários nas finanças do Estado, mesmo com medidas difíceis de serem tomadas, como aumento de impostos e cortes de despesas, para proteger os paranaenses ele arcou com muita coragem, e responsabilidade os custos políticos desta ações.Que hoje está salvando a economia dos municípios do Paraná.Quem reconhece isto são os próprios prefeitos paranaenses.

  8. Antonio Carlos
    sexta-feira, 20 de maio de 2016 – 19:06 hs

    Não conte vantagem Betinho, o mérito tem nome e o primeiro deles é o do Maurício Ricardo, o Mão de Tesouras. E o nosso, o do povo paranaense que bancou esta recuperação que, talvez você já tenha esquecido, saiu dos nossos bolsos. Engula a vaidade Betinho.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*