Ney Leprevost defende reintegração metropolitana e novos modais de transporte | Fábio Campana

Ney Leprevost defende reintegração metropolitana e novos modais de transporte

O deputado Ney Leprevost (PSD) defendeu nesta terça-feira, 17, a reintegração das linhas metropolitanas e também a necessidade de novos modais no transporte coletivo como os VLT ou VLP – veículos leves sobre trilho ou pneus. Leprevost lembrou que Curitiba já foi modelo nacional e internacional no setor ao criar vias exclusivas para os ônibus. “Lamentavelmente, nos últimos anos, isso está se perdendo”.


“Tivemos na atual gestão da prefeitura municipal, a desintegração do transporte metropolitano. Temos que reintegrar o transporte coletivo, precisamos que isso volte a ocorrer. É impossível pensar em Curitiba sem pensar nas cidades conurbadas, ou seja, nas cidades da região metropolitana”, disse Ney Leprevost.

O deputado disse que a cidade precisa também pensar em outros modais de transporte coletivo e citou como os VLT e VLP. “Curitiba vai ter que implantar uma dessas duas alternativas e pode utilizar a linha férrea, a linha verde ou as próprias canaletas dos ônibus. O que precisamos é garantir transporte de qualidade, integrado, com tarifa justa. A tarifa do ônibus está muito cara, muito elevada e ônibus antigos estão sendo usado, o que representa um certo perigo para os passageiros. Transporte coletivo tem que ser uma prioridade da pessoa que estiver administrando Curitiba a partir de 2017”, completou Ney Leprevost.


8 comentários

  1. beto richa
    terça-feira, 17 de maio de 2016 – 17:04 hs

    Fui eu!!! fui eu!!! fui eu que acabei com a integração em curitiba e no resto do paraná esqueceram? parem de dar o mérito pro frutinha…foi tudo eu que fiz…eu que mandei bater em professor, eu que fiz acerto com o pedágio…eu…fui tudo eu … blábláblá

  2. medonho
    terça-feira, 17 de maio de 2016 – 17:33 hs

    Enquanto curitiba estiver nas mãos dos empresários dos transportes coletivo, os prefeitos serão mero cumpridores de ordens.
    Cadê o metrô???? morreu na promessa…. fizeram 130 km de asfalto exclusivo para linhas de ônibus.
    O prefeito gustavo ficou enclausurado no gabinete, agora, acordou e descobriu que é prefeito de curitiba, esteve aliado ao PT, e pertence ao PDT. Tudo que curitiba mais odeia nesta terra, o radicalismo inconsequente.
    Enfim, novo ciclo, candidatos irão falar da saúde, educação, cidade abandonada, transporte, transporte e as inovações daquilo que já é antigo. O amadurecimento de nossa cidade REQUER PROPOSTAS MADURAS E CONSISTENTES, FEITAS POR PROFISSIONAIS QUALIFICADOS, NÃO ESTAMOS MAIS NA ADOLESCENCIA E TRANSFORMAR O MUNDO. PÉ NO CHÃO, TODOS IRÃO COMER NAS MÃOS DO CARTEL DO TRANSPORTE, ISTO, DESDE 1952 VÁRIAS GERAÇÕES NO COMANDO.

  3. Ademar
    terça-feira, 17 de maio de 2016 – 19:45 hs

    Parabéns, Ney Leprevost. Propostas mais do que coerentes.

  4. Joana Penteado
    terça-feira, 17 de maio de 2016 – 19:48 hs

    Parabéns Ney Leprevost. Futuro prefeito de Curitiba !!!

  5. Pedro Angelo
    terça-feira, 17 de maio de 2016 – 19:48 hs

    Melhor deputado do Paraná! Me representa!!

  6. Jorge
    quarta-feira, 18 de maio de 2016 – 0:57 hs

    Acredito que Ney Leprevost será o futuro prefeito de Curitiba . É o único que me representa com seriedade , humildade e competência .

  7. Renata
    quarta-feira, 18 de maio de 2016 – 0:59 hs

    O Ney ajudou muito a minha mãe quando ela teve um problema de saúde. Politico muito humano .

  8. Pirro de Compostela
    quarta-feira, 18 de maio de 2016 – 13:09 hs

    Coisinha mais linda esse NEI Leprevost.

    Parece um coelhinho assustado com esse olhinho caído.
    Toma vergonha caudilho, essa história do TRANSPORTE de Curitiba é para boi dormir.8

    O Brasil tem sistemas de transporte metropolitano sobre trilhos em funcionamento em 14 cidades: Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Cariri (CE) , Fortaleza (CE), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Salvador (BA), Sobral (CE) e Teresina (PI).

    A menor cidade do mundo a ter um metrô é Lausane, na Suíça. Seus 130 mil habitantes contam com um sistema de 15 quilômetros, em duas linhas e 28 estações

    Atualize seu conhecimento e depois volte a falar sobre transporte.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*