Lemos elogia merenda de Beto Richa | Fábio Campana

Lemos elogia merenda
de Beto Richa

índice

O deputado Professor Lemos (PT) colocou por terra o protesto de grupo de estudantes e professores ligados ao petismo que reclamam da qualidade da merenda escolar nas escolas em Maringá. Lemos, um dos líderes da APP-Sindicato, destacou a importância do repasse de R$ 38 milhões do Estado para a compra de produtos da merenda da agricultura familiar. “Já na próxima semana as escolas receberão alimentos como verduras, frutas, legumes, lácteos da agricultura familiar. E isso é um reforço muito grande na merende escolar”, disse Lemos.

Lemos adiantou que junto com o deputado Hussein Bakri (PSD) vão conversar com os estudantes que estão ocupando as escolas em Maringá. “Queremos, evidentemente, que possa ter uma evolução no restabelecimento das aulas”, disse Lemos. Bakri é presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa.

“De fato evoluiu e a gente deve ter nas escolas nos próximos dias uma merenda com boas condições para atender os nossos estudantes”, completou Lemos.

O petista ainda adiantou que o Estado também confirmou a segunda remessa do fundo rotativo para alimentos que não vem da agricultura familiar, mas que as escolas podem comprar na própria comunidade. “E as licitações que não haviam sido feitas, já foram feitas, outras estão em curso para que essa reivindicação dos estudantes e dos professores e profissionais da escola sejam atendidas o quanto antes”, disse.


2 comentários

  1. Macambúzio
    quarta-feira, 25 de maio de 2016 – 21:38 hs

    Acho que ele quer pular fora do barco, que está afundando!!

  2. Sergio Silvestre
    quinta-feira, 26 de maio de 2016 – 9:56 hs

    Apoiar a volta as aulas nada mais é do que um assunto republicano do deputado querendo resolver esse problema e em nenhum momento ele elogiou,só disse que esses repasses vão ajudar.
    Ao menos os deputados e senadores petistas são sensatos,o que não acontece com a hoje situação golpista que desde as eleições boicotam a Dilma.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*