Justiça pode barrar repasse de R$ 54 milhões a Fruet | Fábio Campana

Justiça pode barrar repasse de R$ 54 milhões a Fruet

Chicarelli-e-Professor-Galdino

A justiça poderá barrar o repasse de R$ 54 milhões da Câmara dos Vereadores ao prefeito Gustavo Fruet (PDT). O repasse foi aprovado em primeiro turno na quarta-feira, 11, e volta para segunda votação nesta segunda-feira, 16. Os vereadores Professor Galdino (PSDB) e Chicarelli (PSDC) ingressaram com ação na 1ª vara da Justiça em que pedem a suspensão do repasse no período pré-eleitoral.

Os vereadores argumentam que os repasses dos legislativos, estadual e municipais, acontecem sempre no final ou começo do ano e fora do período eleitoral. “O prefeito tem um rombo de R$ 150 milhões e paralisou as obras. Dos R$ 54 milhões, R$ 37 milhões serão usados para pagar dívidas e somente R$ 17 milhões em obras para atender a base do prefeito”, disse Galdino.


6 comentários

  1. Deisi
    sexta-feira, 13 de maio de 2016 – 20:13 hs

    Meu voto está no lucro com o professor Galdino.
    Investi, e todos os meses só tenho satisfação em vê-lo sempre na ativa nos representando e muito bem.
    E ele é o único político que faz verdadeiramente para o povo.
    Nunca tinha visto um eleito trabalhar como ele faz, sem dever favores a ninguém a não ser o seu eleitorado. Este sim é do povo para o povo”.
    Muito obrigada e parabéns Professor Galdino pelo que o senhor é.

  2. sgto tainha
    sexta-feira, 13 de maio de 2016 – 23:07 hs

    Esses vereadores sao suspeitos.
    Querem chantagear o “pobre “fruit”

    Será que é a obra do metro???

  3. renato crovador
    sexta-feira, 13 de maio de 2016 – 23:15 hs

    Dois inúteis tentando aparecer às vésperas da eleição, às custas do povo.

  4. Veredito
    sábado, 14 de maio de 2016 – 9:13 hs

    Em primeiro lugar o vereador e pastor Ailton Araujo, presidente da Câmara devia mandar arrumar os banheiros do Anexo II que estão sem portas e de uso apenas para xixi, desde a sua posse.Depois, devolver o som às caixas que existiam nos corredores daquela Casa de Leis, para que os assessores possam acompanhar o desenrolar das sessões plenárias, já que nos computadores faz tempo que não existe som.O pastore presidente também podia liberar aluns trocados para a associação dos servidores do legislativo, hoje vivendo somente de mensalidades, para que sejam feitas promoções no Natal, na Páscoa, no Dia das Mães, no Dia dos Pais, e etc, ajudando com recursos para que todos os funcionários tomem a vacina contra a gripe, enfim, procurando ajudar a casa e depois, se sobrar e vai sobrar muito, e quiser fazer uma média com o prefeito, devolver a sobra. Mas não, enquanto a casa sofre com o desmando, o presidente e o líder do prefeito, devolvem dinheiro para na Prefeitura como se na Câmara tudo fosse cor de rosa.Chega ser uma cretinice para não dizer hipocrisia.

  5. Sandra Magalhães
    sábado, 14 de maio de 2016 – 12:01 hs

    Parabéns a estes vereadores incorruptíveis !
    Eles dependem somente deles para ganhar as eleições e não de dinheiro da corrupção como fazem os outros

  6. Pirro de Compostela
    domingo, 15 de maio de 2016 – 15:33 hs

    Parabens aos vereadores,

    Esse prefeito de meia pataca paga R$25.000.000,00( vinte e cinco milhões por mes para aquela espelunca do FEAS, criada pelo DUTCHI no fim do mandato dele.

    Prefeito burro e com ascessores pilantras.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*