Com Cunha afastado, governo quer suspender o impeachment | Fábio Campana

Com Cunha afastado, governo quer suspender o impeachment

humberto

Argumentando o afastamento de Eduardo Cunha do cargo de deputado, e consequentemente da presidência da Câmara, o governo quer suspender o processo de impeachment. O líder do governo no Senado, Humberto Costa (PT-PE), apresentará questionamento neste sentido na reunião da comissão do Senado que debate o tema. Ele disse que a advocacia-geral da União (AGU) pode acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) com pedido na mesma direção. As informações são d’O Globo.

“O afastamento é uma decisão tardia, porém importante. A decisão comprova que ele praticou desvio de poder, desvio de finalidade, mas não só no processo no Conselho de Ética, mas também na aceitação do impeachment. Ficou patente que o pedido foi aceito como vingança porque o PT não aceitou blindá-lo no Conselho. Isso macula a decisão da Câmara e vamos pedir a suspensão do processo de impeachment”, disse Costa. A AGU alega que Cunha cometeu “desvio de poder”, o que suspenderia desde o início o processo do impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.


11 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 5 de maio de 2016 – 11:03 hs

    Os hortelãos do Planalto são incansáveis na semeadura de informações imbecis, na esperança que o povo (que na média é semi-oligofrênico) se entusiasme com as idiotices. Esse raciocínio tem a mesmo perfeição lógica da defesa de Dilma e das justificativas de Lula sobre o sítio e outras coisas. O nível de beira de bueiro dos parlamentares lulopetistas são a expressão clara do momento que o país vive.

  2. Recruta Zero
    quinta-feira, 5 de maio de 2016 – 11:24 hs

    Parem de propor chicanas ! O plenário, por decisão da maioria(mais de 360 votos de um total de 513) confirmou o recebimento da denúncia. Os representantes do povo brasileiro confirmaram a decisão. Simples assim.

  3. quinta-feira, 5 de maio de 2016 – 11:28 hs

    Meu Deus do Céu, será que esses petistas são pobres de cultura e ignorantes mesmo ? Esse Senador deve ser semianalfabeto para dizer tal besteira, querendo melar o processo de impeachment. Querer fazer o processo retroagir é de uma total ignorância das Leis e do Regimento Interno. Quem não tem argumentos e fundamentos para barrar o IMPEACHMENT de sua sócia do Palácio tenta forçar uma maneira viável que pudesse salvá-la. O processo de IMPEACHMENT já passou pela Câmara e jamais poderá voltar a estaca zero. E o que é pior se basear, neste caso, de que o Deputado Cunha foi afastado e que seus atos seriam anulados é de uma imaturidade política e jurídica. A Câmara se pronunciou há muito tempo e o processo se encontra no Senado. O que poderemos dizer é TCHAU QUERIDA (DOS PETISTAS E NÃO NOSSA). Os romanos já diziam: AVE CÉSAR os que vão morrer te saúdam.

  4. quinta-feira, 5 de maio de 2016 – 11:31 hs

    Eles pensam que os bobos ainda existem, o fim está próximo, e não é somente a saída do poder, e sim o fim definitivamente do
    PT e dos ladrões e corruptos que acabaram com a Petrobras e deixaram o País em banca rota

  5. QUESTIONADOR
    quinta-feira, 5 de maio de 2016 – 12:15 hs

    -E lá vem o pessoal do partido da estrela e seus aliados tentarem reverter a aprovação do impeachment na Câmara. Calma aí pessoal, treino é treino e jogo é jogo…cada coisa em seu devido lugar. A sessão da Câmara que aprovou o rito de impeachment foi aprovada e obedecendo todos os ritos jurídicos e prazos legais.
    -Mas os políticos aliados do governo querem tumultuar todos os poderes ainda vivos(mesmo que respirando por aparelhos)!!!

  6. Dionleno Silva
    quinta-feira, 5 de maio de 2016 – 12:26 hs

    Brincadeira, os corruPTos querem cancelar a única coisa certa que o Cunha fez.

  7. Viezzer
    quinta-feira, 5 de maio de 2016 – 12:42 hs

    O partido da estrela solitária caminha a passos largos para ser como o clube da estrela solitária, um Botafogo da vida.

  8. COMANDO
    quinta-feira, 5 de maio de 2016 – 12:49 hs

    Tem que suspender a Dilma o mais rápido possível, acabou com o país.

  9. Olho vivo
    quinta-feira, 5 de maio de 2016 – 13:17 hs

    IDIOTA,IMBECIL,O PROCESSO NÃO PARTIU DO CUNHA E SIM DE ADVOGADO ATENDENDO AOS ANSEIOS DA POPULAÇÃO,ROUBADA POR ESSA MALDITA ESCÓRIA petista.

  10. Jair Pedro
    quinta-feira, 5 de maio de 2016 – 14:35 hs

    Então, se um grupo de policiais comandados por um delegado, dr.X, prendem um procurado delinquente, os amigos do preso se veem no direito de querer sua soltura, só porque um mês depois esse tal delegado dr.X é afastado do cargo porque descobriu-se que o mesmo tinha problemas com a justiça?
    Não seria esse o pensamento deste tal senador?
    É querer tripudiar com os brasileiros honestos. Tenha vergonha na cara sr senador.

  11. LENZA TOLEDO
    quinta-feira, 5 de maio de 2016 – 14:51 hs

    petista é sempre petista, quer aproveitar oportunidades até mesmo qdo não existem. Até parece ser o Cunha o responsável pelo processo de impeachment de Dilma R. Quem não quer mais a DR como presidente do Brasil é o povo brasileiro e a maioria dos deputados federais(representantes do povo) já votou a favor. Fora Dilma!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*