TCU paralisa reforma agrária após identificar 578 mil beneficiários irregulares | Fábio Campana

TCU paralisa reforma agrária após identificar 578 mil beneficiários irregulares

do UOL, com Estadão Conteúdo

O TCU (Tribunal de Contas da União) determinou a paralisação imediata do programa de reforma agrária do Incra em todo o país. A medida cautelar emitida pelo tribunal decorre de uma auditoria que identificou mais de 578 mil beneficiários irregulares do programa do governo federal.

São dezenas de problemas de extrema gravidade identificados pela corte de contas, entre eles a relação de 1.017 políticos que, criminosamente, receberam lotes do programa. O TCU não divulgou a lista desses políticos beneficiados.

A auditoria revela centenas de casos bizarros, como a concessão de lotes para pessoas de alto poder aquisitivo, donas de veículos de luxo como Porsche, Land Rover ou Volvo. Há 37 mil pessoas falecidas cadastradas como beneficiárias do programa.


11 comentários

  1. Do Interior
    quinta-feira, 7 de abril de 2016 – 17:17 hs

    Êita petê!. Só maracutaia. Não tem nada que este povo mexa que não dê merd*.

    Eu já tinha dito aqui que quando o petê diz que vai fazer uma obra, pode ficar desconfiado porque a obra é só para desviar dinheiro,não é para a população. Eu disse isso quanto à copa do mundo (coincidentemente, ano de eleição). Viram o que aconteceu com a delação da Gutierrez?

  2. quinta-feira, 7 de abril de 2016 – 17:18 hs

    Sergio Silvestre de ter “umas terrinhas” conseguidas no pixuleco de lotes!

  3. Juca
    quinta-feira, 7 de abril de 2016 – 18:54 hs

    Essa lista tem de vir a público. Mantê-la em sigilo é beneficiar esse governo corrupto.

  4. CRISTOVÃO
    quinta-feira, 7 de abril de 2016 – 22:25 hs

    Essa é a cambada de sem terra que muitos defendem, …..não é verdade MST, CUT…e APP se infiltrando e defendendo essa cambada

  5. sexta-feira, 8 de abril de 2016 – 0:11 hs

    “Fonte de desvio e corrupção. MP neles. Prisão. Inelegibilidade e indisponibilidade de bens. Chega dessas velhas, danosas e perniciosas práticas de se locupletarem do patrimônio e do erário público. Realmente esse sempre foi o reduto. A Happy land desses esquerdopatas. O Brasil está como uma nau a deriva no meio do oceano sem timoneiro. Militância corrupta e paga. Não passam d vis e abjetos sanguessugas, parasitas do Estado…” – Prof. Celso Bonfim

  6. Luiz Eduardo
    sexta-feira, 8 de abril de 2016 – 3:08 hs

    Um monte de dinheiro jogado fora; certamente muito deste dinheiro ficou com milhares de pessoas que nada tem a ver com a agriculturA; São os ladrões do PT. Lava jato neles. São culpados pelas mortes de pessoas que não são atendidas em postos de saúde por falta de dinheiro. É o povo pagando impostos para encher as burras destes ladrões. E NÃO HÁ FISCALIZAÇÃO, AUDITORIA. TUDO COISA ARMADA PELO PT..

  7. FUI !!!
    sexta-feira, 8 de abril de 2016 – 7:53 hs

    Quem são os beneficiados ? Queremos saber !!!

  8. NA CORDA BAMBA
    sexta-feira, 8 de abril de 2016 – 7:56 hs

    Aqui no Brasil a ordem do dia é:- roubem e mintam porque ninguem cobra nada de volta e não precisa desmentir. É um país
    recheado de políticos e salafrários, onde a justiça faz vista grossa
    (com a exceção da equipe da Lava Jato) e quando um político é
    preso por alguns poucos anos sai ileso e novamente se candidata
    para continuar roubando e não devolve um centavo do que nos
    roubaram. Na verdade a roubalheira é tão grande que se fosse me-
    ter todos na cadeia precisaria de vinte Maracanãs…

  9. JOHAN
    sexta-feira, 8 de abril de 2016 – 9:43 hs

    Caro FÁBIO, esse número é ENORME, porém não é o último, pois o conhecimento das falcatruas nessa área é de conhecimento a longo tempo. O Banco do Brasil sempre teve recursos orçamentários para efetuar a regularização fundiária, contudo os técnicos do banco sempre foram contrários, pois o INCRA e o MDA, sempre atuaram nesse segmento promovendo as falcatruas, de entregar lote aos políticos da ORGANIZAÇÃO e aos apaniguados do sistema corrupto do desgoverno. Quem perde com essas ações é a sociedade mais frágil e humilde dos eleitores de cabresto.. Por outro lado, ainda não foi comentado a quantidade de lotes que não cumprem a função, pois, estão no nome do assentado no lote, contudo o produtor é outro – arrendatário, e o agraciado está mobilizado em outros assentamentos. A ausência de fiscalização nos assentamentos é algo de espantar, pois os fiscais, quando fazem fiscalização, é como visita de médico cubano, entra por um lado e sai pelo outro. Há necessidade de rever todos os assentamentos, por empresa de credibilidade e idoneidade, adjetivo que os membros do atual desgoverno são totalmente desprovidos. FISCALIZAÇÃO URGENTE no PARANÁ pela EMATER. Atenciosamente.

  10. Karamba
    sexta-feira, 8 de abril de 2016 – 15:27 hs

    Se fuçarem vão achar a MarRrlei e o HrRmes Leão na lista de beneficiários. E mais um monte de sindicalista parasita.

  11. Profª Marisa
    sexta-feira, 8 de abril de 2016 – 17:01 hs

    Concordo com o Johan. estamos de olha! Acorda, Brasil!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*