Stédile, do MST, convoca seu exército para ato da APP | Fábio Campana

Stédile, do MST, convoca seu exército para ato da APP

mst-app-pt

O coordenador nacional do MST, João Pedro Stédile, já está em Curitiba em apoio ao ato da APP-Sindicato contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), em defesa do ex-presidente Lula e do PT e contra o juiz Sérgio Moro e a Operação Lava Jato. Stédile e seu exército querem dar visibilidade no ato e sinalizar ao vice-presidente Michel Temer que seu governo não vai ter trégua dos sem terra e do lulopetismo.


Acompanha Stédile em apoio a manifestação da APP nesta sexta-feira, 29, a presidente da CUT do Paraná, Regina Cruz, que trará também seu séquito de cutistas. “Aproveitando a ocasião em que se realiza hoje, em Curitiba, a plenária estadual da militância do Fórum de Lutas 29 de Abril e a Frente Brasil Popular, Stédile, Regina e Silva falarão sobre o posicionamento das organizações e movimentos sociais diante à conjuntura política nacional, o golpe em andamento e suas consequências para a população brasileira”, diz a nota enviada pelo MST.

“Além disso, eles também apresentarão o calendário nacional de lutas e mobilizações para barrar o impeachment e o ato Estadual de um ano do massacre dos professores que acontece na sexta-feira (29), em Curitiba”, completa a nota.


20 comentários

  1. Zé Venancio
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 12:02 hs

    Tal postagem pode resvalar no limite da inverdade, seu Campana.
    Que o MST participe desta mobilização é costume. Não explode a violência por isso.
    Quanto a dizer que o movimento de amanhã e pela defesa de Dilma e contra Moro, aí sim é uma inverdade.
    Esta já foi cometida pela “Direita Curitiba” blogueiro.
    A mobilização do dia 29 de abril, que de agora em diante ocorrerá anualmente tal qual a de 30 de agosto em “homenagem” ao senador Alvaro Dias, tem origem na intolerância e intransigência do governador Beto Richa.

  2. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 12:07 hs

    Esta fotografia do Reichfuhrer das SA lulopetistas está velha. Hoje, é um velho barrigudo, com a pança cheia de carnes nobres e uísque 12 anos. Esses caras são funcionários públicos “ad hoc” sem qualquer representatividade e seus “soldados” são movidos a vale-mortadela.

  3. lika
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 12:29 hs

    É,,, fica esperto Stédile, aqui o coro come rsrsrs,

  4. Jair Cione
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 12:34 hs

    Kiref reduz horário de funcionamento da biblioteca e usuários reclamam da diminuição em duas horas do atendimento ao público

    Simoni Saris – Equipe Folha – 28/04/2016 — 08:52/BONDE.

    Ao invés de abrir bibliotecas e gestor de Londrina fecha. Que absurdo.

  5. Contribuinte
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 12:39 hs

    Governo não deve entrar na provocação. So coloca forca policial dentro dos prédios. Qualquer tumulto ou desordem que ocorra se saberá quem responderá pelos danos.

  6. Dosel Jr.
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 12:57 hs

    É bom este vermelho ficar sabendo que aqui na República de Curitiba não tem lugar para safados e desordeiros. Saiu dos limites da lei o pau pega e pega feio. Aqui na República de Curitiba a ordem e o progresso são os instrumentos que as autoridades policiais adotarão em defesa da democracia e dos poderes constituídos.
    E tem mais: é bom este vermelho pensar bem no que vai fazer e dizer, pois aqui é a terra de Sergio Moro.E com Sergio Moro não tem esta de ameaçar a vida da cidade e dos seus moradores que trabalham para manter seus familiares e não estão pendurados em nenhuma benesse de Brasília.

  7. LUiz Carlos K
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 12:58 hs

    desocupados, baderneiros, vivem de dinheiro publico.

    ou encostados em Sindicatos bancados pelo povo.

  8. LENZA TOLEDO
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 12:59 hs

    Um professor de verdade precisa convencer pelo argumento, não pela violência. Um professor de verdade não depende de um líder sindicalista para falar por ele, fala por si mesmo e com educação. Um professor de verdade conta com o respeito e admiração dos pais dos seus alunos.

  9. Brasileira
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 13:49 hs

    Senhores Professores, alunos, pais e jovens não quero aqui defender ninguém, nem partido, mas unir-se a este pessoal do MST, APP Sindicato, Cut e a esta militância que não respeita as leis de nosso Brasil, que ataca , destroi, provoca pra depois dar uma de ofendido, de massacrado, de bonzinho, quando na realidade só quer benefício próprio para seus lideres, é perder o próprio respeito pela sua própria honra e educação.
    Estes que aqui convocam vocês, não estão preocupados com a nossa Educação, com nossas vidas, mas sim com seu próprio bolso, com seu poder.
    MST invade terras produtivas como se quisessem beneficiar pessoas que trabalham com a agricultura e querem ter seu próprio sitio.
    Infelizmente sabemos que isso não é verdade, pois se fosse isso em 13 anos de PT isso já estaria resolvido, mas não. Cada vêz mais aumenta o número de “Sem Terras”, logo o que podemos deduzir, o que realmente querem é tomar as terras alheias para dominarem o Pais.
    Se este governo que ai esta realmente estivesse preocupado com a população, já teria dado as terras aos que realmente são trabalhadores rurais.
    Outra coisa porque só eles tem direito a terras, a mandar seus filhos a Cuba fazer Medicina, por conta do nosso governo, curso de Direito totalmente gratuito apenas para seus filhos.
    E os outros Brasileiros sem condições financeiras não deveriam ter o mesmo direito?
    Portanto professores, pais , alunos, jovens e todos os Brasileiros, todos nós temos os mesmos direitos, todos nós temos direito a ter um pedaço de terra para cultivarmos nosso alimento, um teto para dormirmos, uma educação superior para nossos filhos e para nós, a termos nosso carro, sim porque muitos destes sem terras que ficam por ai fazendo algazarra e invadindo tem carro próprio e às vezes verdadeiros carrões. Vivem viajando de um lado para o outro, como? Se não tem como se sustentar, se não trabalham, quem financia tudo isso? Me expliquem.
    Parem, pensem e não se deixem iludir e nem deixem que os usem como massa de manobra.

  10. SOLANGE LOPÉS
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 13:51 hs

    Um aviso ao jagunço ; aqui na República de Curitiba, o pau come.

  11. jenuario
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 14:59 hs

    Fabio,admiro seu blog..aqui vc não esconde os comentários, que devem ser estampados para o povo ler,o blog do esmael, em letra minuscula, porque ele é um minusculo, puxa saco do Velho Requião, sustentado pela APP, só fala e puxa brasa para o assado deles, igual a esse comentário do Zé Venacio, pau mandado com suas postagens enormes, pra bobo ler, acha que vai segurar a Dilma, como diz o gaúcho, bicho burro, tenho a certeza que deve fazer nada o dia inteiro para escrever asneiras, igual o “esmaer”…parabéns por seu blog, é de confiança, que até mexeu com a App Sindicato….isso fazia tempo que não acontecia…com suas ideologias idiotas….ir pra rua , e não trabalhar é fácil…dia 1 grande festa do povo que não quer trabalhar nesse país chamado BRASIL.

  12. TOLEDO
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 15:44 hs

    Nossa, Campana, você disse que era Comunista. Virou o que ? Parasita de Coxinha ? Puxa Saco do Piá de Prédio, isso sim.

  13. Karamba
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 15:53 hs

    Colega Jenuário, disconcordo docê: dia 01/maio não vai ter festa do trabalhador. Com 10,2% de desempregados fica impossível festejar… Mas ninguém vai ver a patralhada reclamando.

  14. Flávio Luiz
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 16:11 hs

    Difícil de acreditar que a classe de mestres trabalhadores educadores vai se rebaixar a este ponto.
    Cade o Exercito Brasileiro.

  15. Dionleno Silva
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 16:31 hs

    Com esses atos o pt e sua ideologia além de ser derrubada com impeachment, será sepultada de vez pelas ações dessa bandidagem, as urnas vão deixar essa ralé longe do poder, pt morreu.

  16. PIMENTA PURA
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 16:46 hs

    Esta turma do MST quando acamparam às margens das rodo-
    vias da Bahia, o então governador Jaques Wagner destinava mi-
    lhões de reais em verbas exclusivamente para alimentar os bader-
    neiros. Hoje o mesmo Wagner é chefa da Casa Civil. Pode !?
    Ainda bem que os caras tem dias contados. Termina no dia 12
    de maio próximo !!!

  17. Do Interior
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 18:05 hs

    Brasileira, o PT envia milhões para o MST para a reforma agrária. Ocorre que esse dinheiro é enviado para os líderes do movimento (Stédile é o que mais recebe) e o dinheiro é surrupiado, desviado para campanhas, passeatas, invasões e mais baderna. É um círculo vicioso e de ordem geométrica.

    Por isso a quantidade de Sem terras só aumenta. Primeiro porque vivem com esse dinheiro enviado pelo governo federal. Segundo que não querem saber de terra (e nem sabem o que é uma enxada).

    Os poucos que pegam a terra, vendem logo após voltando ao movimento e começam tudo de novo.

    Essa é a filosofia do MST, do PT e do Stédile.

  18. Juca
    quinta-feira, 28 de abril de 2016 – 19:07 hs

    Esse Leãozinho não é do mesmo time do dep. Jean Wyllys?

  19. Zé Ninguém
    sábado, 30 de abril de 2016 – 15:53 hs

    Com tantos milhares de associados/sindicalizados esta associação ainda precisa do “exército do Stédile”? A professorada preferiu ficar em casa a sair às ruas para “protestar”? E a Polícia do Betinho Banana desta vez não ia bater em ninguém.

  20. Guto de Foz - DAGC
    domingo, 5 de junho de 2016 – 21:17 hs

    ZE VENANCIO…

    qualquer pessoa com Q.I normal, sabe que aquela pancadaria foi provocada nao pela PM, mas pela linha de frente dos militantes do PCdoB e PT e que tambem sao filiados À APP… mas se voce é taoo inocente, a ponto de acreditar que um politico, teria coragem de jogar toda sua historia no LIXO, atacando professores indefesos, VAI NESSA, afinal, voce nao sera o UNICO com FÉ CEGA.

    O socialismo é isso ai mesmo, cria pessoas com fé cega, a ponto de salvar todo tipo de bandido, se ele levar a mesma bandeira ‘socialista’.

    ADEUS APP Parana.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*