Serraglio fala pelo PMDB e pede impeachment já | Fábio Campana

Serraglio fala pelo PMDB e pede impeachment já

índice
O deputado Osmar Serraglio, do PMDB do Paraná, foi um dos representantes do partido a falar em nome da sigla e a defender o impeachment da presidente Dilma Roussef (PT). Numa fala de quase 12 minutos, logo após saudar os paranaenses e umuaramenses, ressaltou que a defesa da presidente afirma que a mesma é vítima de abuso de poder por parte do presidente da Câmara e quer a nulidade processual. Quer mais, a censura até da leitura da denúncia. “A verdade é que se livrou de graves acusações, pela caneta do presidente, que agora acusa”, disse.

Serraglio enumerou todos os crimes a ela atribuídos no pedido de Impeachment. “Estamos escrevendo a história de um povo sofrido, que assistiu sua mais alta autoridade esvair-se sob o peso dos escândalos que se sucedem – e já são tantos – que nem mais se tem como acompanhá-los”, afirmou. “Não é verdade que houve violação da Lei de Responsabilidade Fiscal, confirmada pelo Tribunal de Contas da União, com maquiagem dos registros em contabilidade criativa, ocultando a caótica situação das finanças, atentando contra a transparência e incidindo em falsidade ideológica?”, questionou.

Defendeu também a posição do vice-presidente Michel Temer afirmando que o mesmo deve estar pronto para cumprir o seu papel constitucional no caso da vacância do cargo de presidente. “Acusa-se o vice-presidente, Michel Temer, de pretender assumir o cargo. Mas não é a Constituição que isso preconiza? Buscar-se outra solução, como nova eleição, isso sim, sob a ótica constitucional, é golpe.O vice não disputa, sua ascensão é uma conseqüência”, disse.

Osmar Serraglio disse ainda: “Queremos um estado democrático de direito, descontaminado dessa ideologia que impregna o Governo, para quem a Constituição não existe.” Ele citou Lya Luft: “Incompetência e obtusidade de quem não admite que errou, que é hora de parar, de falar, de consertar o que ainda não está perdido, mantém esse ritmo de quebra veloz. Afundamos cada dia mais.”.

Serraglio encerrou dizendo: “Para que não nos afundemos ainda mais, só há uma saída. Respondamos para nossos pósteros o que a história nos exige: Impeachment,já!”


2 comentários

  1. Marcelo Ribeiro
    sábado, 16 de abril de 2016 – 18:48 hs

    Apesar de nao ter votado nesse deputado, senti, tanto ontem, quando hoje, em seu pronunciamento que ele me representa. Orgulho de ter um deputado nesse nivel falando em nome dos paranaenses. Cada discurso uma aula, coisa de quem sabe o que fala e o que faz. Parabéns!

  2. Zé Silveira.
    sábado, 16 de abril de 2016 – 20:35 hs

    Do Pmdb do Paraná só se salva o Serraglio

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*