Prefeito brinca com a própria morte e assusta população em Itaperuçu | Fábio Campana

Prefeito brinca com a própria morte e assusta população em Itaperuçu

prefeito_bandab

da Banda B

Uma ‘brincadeira’ do prefeito de Itaperuçu, na região metropolitana de Curitiba, acabou tomando proporções inesperadas e surpreendeu os moradores da cidade nesta segunda-feira (4).

Tudo começou quando uma foto do prefeito, Nenéu José Artigas, caído no chão, aparentando estar morto, circulou nos grupos de WhatsApp e nas redes sociais. Não demorou para que as pessoas começassem a compartilhar a imagem dizendo que ele havia sido assassinado dentro de casa.

Mas, segundo a assessoria da prefeitura, o caso não passou de uma brincadeira. “Neneu estava fazendo um lanche em Rio Branco do Sul, quando um sachê de molho barbecue estourou em seu rosto. Como ele é brincalhão, não fez conta do ocorrido e se deixou fotografar na situação por muitos que estavam no local”, disse nota enviada à imprensa.

prefeito_bandab 2

As imagens começaram a se espalhar rapidamente e várias histórias surgiram. De acordo com a nota, essa não é a primeira vez que isso acontece com Artigas. “Tempos atrás, outra imagem registrava ele na casa de um amigo no litoral do Paraná, porém, já diziam que ele estava em casas de festas e boates”.

Durante a circulação dos boatos, o Jornal Rio Branco do Sul Notícias desmentiu o caso de assassinato para os internautas. “Nós pedimos calma à população, tudo não passa de uma brincadeira”, publicou no Facebook.


3 comentários

  1. Antonio Bertolino Castro
    terça-feira, 5 de abril de 2016 – 12:13 hs

    Sinistro, muito sinistro este prefeito.

    Em vez de brincar de morto, porque não brincar de governar?

  2. juca da tranqueira
    terça-feira, 5 de abril de 2016 – 12:15 hs

    Mais besta que esse só quem bebe sopa com garfo.

  3. Insuportável
    terça-feira, 5 de abril de 2016 – 13:55 hs

    Brincar de prefeito-morto logo ali em RBdoSul? Desafiador, este cara!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*