Rossoni recebe APP | Fábio Campana

Rossoni recebe APP

rossoni - app

O chefe da Casa Civil Valdir Rossoni recebeu a direção da APP-Sindicato na noite de terça-feira, 22, no Palácio Iguaçu. O sindicato apresentou as principais demandas do magistério estadual. “Há uma pauta extensa que precisamos avaliar com muita responsabilidade. Importante é que o diálogo foi retomado”, disse Rossoni.

“Queremos manter esta proximidade para que as questões que influenciam a qualidade da educação tenham o melhor encaminhamento possível”, completou Rossoni, destacando que um novo encontro vai acontecer em breve.

A secretária da Educação, Ana Seres, também participou do encontro e destacou que várias das questões apresentadas pelo sindicato já estão tramitando no Estado. “Há muita disposição do governo para que possamos avançar nas demandas de forma harmoniosa”, disse.

O grupo foi representado pelo presidente do sindicato, Hermes Leão, e pelo deputado estadual Professor Lemos. Também participaram o economista do sindicato, Cid Cordeiro, e os diretores Celso Santos, Luiz Fernando Rodrigues, Marley Fernandes, Nádia Brixner, Walkiria Mazetto e Wanda Santana.


11 comentários

  1. Ketlin Pamella
    quarta-feira, 23 de março de 2016 – 11:54 hs

    Valdir é ensaboado

  2. Juca
    quarta-feira, 23 de março de 2016 – 12:11 hs

    Não dê moleza para o Leãozinho e para a Marlei!

  3. Professor X
    quarta-feira, 23 de março de 2016 – 12:14 hs

    Existe pauta???
    APP está desesperada em querer aparecer aos professores acéfalos ostentando pautas que não existem!
    Piso nacional: o PR paga acima do valor;
    Militarização de escolas: muitos são a favor, logo não cabe na pauta;
    Porte de escolas: evasão elevada, menos matrículas, menos turmas e menos emprego;
    Hora-atividade de 50%: piada…

  4. quarta-feira, 23 de março de 2016 – 12:17 hs

    Larga mão Rossini, essa turma não quer saber de educação.
    O negócio da APP/CUT/PT é violentar a educação , quanto menos educado, menos informado é melhor e mais fácil para eles fazerem lavagem cerebral.

  5. Até quando?
    quarta-feira, 23 de março de 2016 – 12:59 hs

    Até quando, nós contribuintes, vamos ser reféns desse sindicato que se faz de vítima? Até quando vamos ficar atendendo benesses que resultam em mais impostos?

  6. PUNISHER
    quarta-feira, 23 de março de 2016 – 14:24 hs

    QUE PAUTA QUE NADA. TEM É QUE DESCER É O PORRETE NESTES VAGABUNDOS DO LEÃOZINHO, MARLEY E NO LEMOS E QUEM MAIS ACHAR RUIM.

  7. quarta-feira, 23 de março de 2016 – 14:34 hs

    Aqui no Rio Grande do Sul, o décimo terceiro foi parcelado em 6 vezes, salário a cota é de 2.000 mil reais para cada funcionário e o resto parcelado, aumento deste ano e ano passado nem pensar! Que vontade de ser professor no Paraná. Estou de passagem mas tenho que voltar.

  8. EDUCAÇAO SAUDE E SEGURANCA.
    quarta-feira, 23 de março de 2016 – 16:40 hs

    A maior agressão contra professores daquele estado era a de 1988, quando o hoje senador Álvaro Dias, mandou a polícia contra a categoria: naquela ocasião, foram registrados apenas 10 feridos e cinco pessoas presas.

    Beto Richa passou muito à frente de seu colega tucano.

    Para reorganizar o caixa, o governo do Estado fez uma série de medidas de austeridade em 2015. Uma das mais polêmicas foi a que envolveu a mudança do regime da Paraná Previdência. Os servidores, principalmente professores, não gostaram das alterações e fizeram diversas manifestações. A mais marcante, foi a do dia 29 de abril,
    VAMOS SER REALISTA TODOS OS 35 PARTIDOS POLITICOS REGISTRADOS NO TSE TODOS QUEREM UM POVO SE CULTURA PARA QUE PASSE DE PAI PARA FILHO ESSA VERGONHA QUE É SER POLITICO NO BRAZIL É “NÓS NOS VENDEMOS POR CARGOS COMISSIONADOS VANTAGEM PARA EMPRESAS E ETC. ENTAO NAOCUPELMOS SO UM TODOS SAO FARINHA DO MESMO SACO POIS FICAM TROCANDO DE PARTIDO.ISSO SIM É FACIL FAZER LAVAGEM CEREBRAL .

  9. Justo Veríssimo
    quarta-feira, 23 de março de 2016 – 18:23 hs

    Os professores merecem respeito e devem ser valorizados. Porém, hoje o professor de escola pública no Paraná recebe em média mais que o dobro daquilo que ganha um professor do Positivo ou Dom Bosco, e outras consideradas escolas top da educação.
    Por falar nisso estas instituições citadas, demitiram os professores antigos para contratar novos com salários de R$ 1.200 a R$1.750,00 mensais.

  10. quarta-feira, 23 de março de 2016 – 19:47 hs

    Ser funcionário publico é uma baba, ser professor é uma historia interessante, eles só tem uma coisa que todos sabem fazer, falar mal de alunos e dizer que os alunos não tem interesse nas aulas, olá tem muitos professores que só estão preocupado com o salário e mais nada, tem professor que já chega na escola com vontade de voltar pra casa, não tem planejamento, não tem vontade de ensinar, só ensina o que esta no livro didático, Se tirar o livro ele não sabe dar aula. A grande maioria não tem domínio de turma, os alunos sabem que são eles e como eles trabalham, ou dizem que trabalham. Os funcionários públicos são os grandes culpado pelo endividamento dos estados, produzem pouco e se protegem na estabilidade de emprego não tem metas a cumprir e quanto mais tempo na função menos produz, e se diverte com o dinheiro da população. Quando acabar a estabilidade de emprego quem sabe eles vão melhorar o atendimento a população.

  11. AMIGO
    quinta-feira, 24 de março de 2016 – 8:26 hs

    GOVERNADOR MUITO CUIDADO SEU NOVO CHEFE DA CASA CIVIL ADORA APARECER ASSIM COMO SEU EX SECRETARIO DA SEGURANÇA QUE LHE COLOCOU NUMA FRIA PARA O RESTO DA VIDA.A APP NÃO SE INTERESSA EM MELHORAR O NIVEL DE ENSINO MAS APENAS EM AUMENTAR OS GANHOS E BENEFICIOS DA CATEGORIA POIS ISTO IRA REFLETIR DIRETAMENTE NO AUMENTO DA RECEITA DA APP.SE ELES QUEREM TANTO MELHOR O ENSINO PROPONHA O AUMENTO CADA VEZ QUE O IDEB AUMENTAR E REDUÇÃO QUANDO ELE CAIR.PROPONHA PAGAMENTO DIFERENCIADO PARA OS PROFISSIONAIS QUE TRABALHA EM ESCOLAS QUE MELHORAM SEUS DESEMPENHOS. QUE TAL FAZER OS MILHARES DE PROFESSORES QUE ESTÃO EM DESVIO DE FUNÇÃO VOLTAR PARA AS SALAS DE AULA( NA ESCOLA ONDE MEU FILHO ESTUDA NA SECRETARIA E CANTINA SÃO PROFESSORES QUE TRABALHAM , ELES NÃO DEVERIAM ESTAR DANDO AULA? QUANTO CUSTA PARA O POVO PAGAR UM PROFESSOR PARA SER SECRETARIA DO COLEGIO}

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*