IstoÉ: Delação de Delcídio compromete Dilma e Lula | Fábio Campana

IstoÉ: Delação de Delcídio compromete Dilma e Lula

Foto: Geraldo Magela /Agência Senado Foto Geraldo Magela _Agência Senado

Geraldo Samor, Veja

Um trecho da delação premiada do Senador Delcídio Amaral deve repercutir hoje nos mercados, que negociam cada vez mais atrelados ao desfecho da saga política que envolve a Lava Jato e o futuro do Governo Dilma Rousseff.

De acordo com a revista IstoE, que teve acesso a trechos da delação e antecipou sua edição para hoje, Delcídio comprometeu a Presidente Dilma e o ex-Presidente Lula em sua delação.

Segundo a revista, o ex-líder do Governo no Senado disse ao Ministério Público Federal que Dilma tentou interferir na Lava Jato articulando a nomeação de ministros para tribunais superiores — o STJ em especial — que fossem simpáticos a teses favoráveis aos réus da Lava Jato.

A seguir, trecho da reportagem.

“A ‘solução’ passava pela nomeação do desembargador Marcelo Navarro para o STJ. “Tal nomeação seria relevante para o governo”, pois o nomeado cuidaria dos “habeas corpus e recursos da Lava Jato no STJ”. Na semana da definição da estratégia, Delcídio contou que esteve com Dilma no Palácio da Alvorada para uma conversa privada. Os dois conversavam enquanto caminhavam pelos jardins do Alvorada, quando Dilma solicitou que Delcídio, na condição de líder do governo, “conversasse como o desembargador Marcelo Navarro, a fim de que ele confirmasse o compromisso de soltura de Marcelo Odebrecht e Otávio Marques de Azevedo”, da Andrade Gutierrez. Conforme acertado com a presidente, Delcídio se encontrou com Navarro “no próprio Palácio do Planalto, no andar térreo, em uma pequena sala de espera”, o que, segundo o senador, pode ser atestado pelas câmeras de segurança. Na reunião, de acordo com Delcídio, Navarro “ratificou seu compromisso, alegando inclusive que o dr. Falcão (presidente do STJ, Francisco Falcão) já o havia alertado sobre o assunto”.

Delcídio também disse ao MPF que o mentor intelectual da conversa que teve com o filho de Nestor Cerveró foi o ex-Presidente Lula. A conversa girava em torno de pagamentos à família de Cerveró e do planejamento de sua fuga, e sua gravação levou às prisões de Delcídio e do banqueiro André Esteves do BTG Pactual.

A revelação de Delcídio vem a público no mesmo dia em que o IBGE publicou a contração no PIB em 2015 — da ordem de 3,8% — e em meio a um crescente convicção da sociedade — notadamente da classe empresarial — de que o destino da economia, mesmo no curto prazo, está predicado numa solução para o impasse político.

Não se sabe se Delcídio foi capaz de provar aos investigadores o envolvimento de Lula mas, na chocante narrativa dos últimos dois anos, sua delação, se confirmada, parece ser a prova mais indelével a ser levantada até agora sobre a disposição de Lula de frear a Lava Jato.

A revelação foi antecipada pelo jornalista Ricardo Boechat em seu programa na Band News FM esta manhã. Boechat é colunista da revista e teve acesso antecipado ao material.


10 comentários

  1. Antonio Alvaro Rosar
    quinta-feira, 3 de março de 2016 – 10:47 hs

    Agora ninguém mais caça ele.

  2. valdir izidoro silveira
    quinta-feira, 3 de março de 2016 – 11:05 hs

    Esse Dulcídio nunca valeu nada. Esse é o troco para quem concilia demais; é o que aconteceu com o PT;

  3. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 3 de março de 2016 – 11:16 hs

    As manchetes dos jornalões sobre a delação de Delcidio (Delcidio faz delação, acerta delação) revelam o fracasso que os jornais impressos estão acabados. Todos usando os verbos no presente do indicativo, quando a delação já foi feita há semanas, conforme afirmou O Globo, o único jornal a saber o que dizia. No caso da Folha, parece que ela não quer acreditar que houve delação…

  4. Juventino clemente
    quinta-feira, 3 de março de 2016 – 11:24 hs

    quem gritar pega ladrão, nao fica um,

    ptralhada

  5. Dionleno Silva
    quinta-feira, 3 de março de 2016 – 12:03 hs

    O PT deu a costas pro Delcídio e ele crau…

  6. Juca
    quinta-feira, 3 de março de 2016 – 12:28 hs

    E aí Calça Frouxa? Dizer o que?

  7. Sergio Silvestre
    quinta-feira, 3 de março de 2016 – 12:57 hs

    é só olhar para a car do Delcidio e tirar uma conclusão,o cara é confiavel,mire na cara do sujeito e me diga rsrsrsrsrs

  8. Jair Pedro
    quinta-feira, 3 de março de 2016 – 13:24 hs

    Conta a história, que quando alguém se apaixona e sonha ser a cara metade do outro, acaba tatuando em seu corpo o nome ou a figura da pessoa amada. Pois bem, alguém lá de Londrina que se auto-proclama inteligente e até se diz escritor (deve ser de asneira pois escreve tudo errado), tatuou em suas nádegas a figura lula. Agora uma comentarista, recentemente, tornou público o porquê de tal ato. O tatuado londrinense sonha ser a Rose. Sabem aquela tal Rose do lula?

  9. Indignado
    quinta-feira, 3 de março de 2016 – 13:53 hs

    Esta claro calça frouxa. Eu lhe digo. Ele é do PeTralhas.

  10. HAIMATLAND
    quinta-feira, 3 de março de 2016 – 15:06 hs

    CONTE TUDO. NÃO ME ESCONDA NADA.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*