Assembleia dá título de Cidadão do Paraná para Gilberto Giacoia | Fábio Campana

Assembleia dá título de Cidadão do Paraná para Gilberto Giacoia

giacoia

O procurador geral de Justiça do Paraná, Gilberto Giacoia, recebeu, nesta quarta-feira (30), o título de Cidadão Benemérito do Paraná. A cerimônia, na Assembleia Legislativa, teve a presença do governador do Estado, Beto Richa, da vice, Cida Borghetti e foi conduzida pelo presidente da Casa, Ademar Traiano (PSDB). A concessão do título foi proposta pelo deputado Tião Medeiros (PTB), e foi subscrita pelo próprio Traiano.

“Procuramos estreitar relações com o Ministério Público desde que assumimos a presidência da Assembleia, respeitando os ditames da lei e conseguimos sempre manter o equilíbrio e o respeito entre as instituições. Respeitamos todas as decisões e ações do Ministério Público”, disse Traiano ao saudar o homenageado.

Traiano afirmou ainda que se sente honrado em conceder essa homenagem ao procurador. Segundo Traiano, Giacoia é um “grande parceiro da Assembleia em iniciativas importantes como o Geração Atitude, que promove, entre outras atividades, o despertar do interesse dos jovens na participação na política.

Há 33 anos no Ministério Público, Gilberto Giacoia é bacharel em Direito pela Faculdade Estadual de Direito do Norte Pioneiro, é Doutor em Direito Penal pela Universidade de São Paulo e pós-doutor pelas Faculdades de Direito das Universidades de Coimbra (2001) e Barcelona (2010), efetuou Curso de Especialização em Metodologia do Ensino Superior na Universidade Federal do Paraná, monografia Estratégia repressiva sob enfoque criminológico e, é professor na graduação e na pós-graduação da Faculdade Estadual de Direito de Jacarezinho, que integra a Universidade do Norte do Paraná.


2 comentários

  1. Coerente
    quinta-feira, 31 de março de 2016 – 11:33 hs


    Mas ele ja é cidadão do Paraná.
    Nesceu em Ribeirão Claro…

  2. Sergio Silvestre
    quinta-feira, 31 de março de 2016 – 13:42 hs

    É pra rir,governos dão esses títulos para massagear o ego desses procuradores e na hora do vamos ver sempre eles acabam sucumbindo deixando ladrões de dinheiro publico soltos a troco de homenagens.Um procurador americano não aceitaria isso vindo de um bando.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*