Sobre filhos, ex-amores e o jogo sujo da política | Fábio Campana

Sobre filhos, ex-amores e o jogo sujo da política

lula_e_collor_eleicao_1989

Ricardo Noblat

Em 1989, no programa de televisão do então candidato a presidente Fernando Collor, achei repugnante ver a enfermeira Mirian Cordeiro acusar Lula de tê-la pressionado para que abortasse uma filha dele. Hoje, acho igualmente repugnante ver a jornalista Mirian Dutra afirmar que o ex-presidente Fernando Henrique a pressionou para que abortasse um filho dele. Por sinal, dois exames de DNA provaram que o pai é outro.

As duas não hesitaram em usar e expor seus filhos para se vingar de ex-amores. A Mirian Cordeiro foi regiamente paga por Collor para dizer o que disse. A Mirian Dutra… Não creio que falou por dinheiro. Já não precisa.

Lula sustentou a filha que teve com a enfermeira e cobriu-a de afeto. FHC sustentou a jornalista e o filho, reconheceu-o antes mesmo de ter certeza que era seu filho, e se relaciona com ele até hoje. Presenteou-o com um apartamento em Barcelona.

O que os partidários de Colllor naquela época fizeram contra Lula para desgastar sua imagem é a mesma coisa, anabolizada pelas poderosas redes sociais, que os partidários de Lula, hoje, fazem contra FH para desgastar a dele.

Com uma diferença: FHC não é candidato a nada. Então por que o atacam?

Os partidários de Collor atacaram Lula para impedi-lo de vencer a eleição.

Os partidários de Lula atacam FHC para tentar salvar Lula do buraco em que ele se meteu.

Em tempo: Lula e Collor, hoje, são aliados. No passado, Lula foi cabo eleitoral de FH, candidato a senador.


8 comentários

  1. Sergio Silvestre
    domingo, 21 de fevereiro de 2016 – 0:10 hs

    Ele quer passar para os 98% de idiotas que não podem meter o bedelho na vida do FHC porque é quase nonagenario e não é candidato nem é ´presidente.
    Mas perai,e o Lula?Ele tambem não tem cargo,ele não usou dinheiro publico ou propina para comprar aptos para filhos bastardos e tratar amantes na Espanha.
    Um Jornalista abestalhado aqui de Londrina escreveu assim no seu blog”o FHC usou empresa para mandar dinheiro para amante mas era seu dinheiro,comprou apto para o suposto filho ,mas era com seu dinheiro,e dai?O Lula não pode ter nem um sitinho?

  2. Palpiteiro
    domingo, 21 de fevereiro de 2016 – 11:11 hs

    Política é arte de se debater no lixo. Atividade para bandidos e safados.

  3. Luigi
    domingo, 21 de fevereiro de 2016 – 12:54 hs

    Para os que quiserem ler um ótimo comentário sobre as ressentidas:
    http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/direto-ao-ponto/a-ressentida-e-a-vigarista/

  4. Olho vivo
    domingo, 21 de fevereiro de 2016 – 13:13 hs

    DE QUANTO SERÁ O “CACHÊ” QUE ESSA JORNALISTA GANHA DOS CORRU-PT-OS, PARA,MESMO SABENDO QUE O FILHO NÃO É DO FHC,VIR AGORA DEPOIS DE ANOS COM ESSAS CALÚNIAS,TEM QUE INVESTIGAR TAMBÉM A MORTE DA PRIMEIRA MULHER DO LEPROSO DE NOVE DEDOS.

  5. Jorge Hardt filho
    domingo, 21 de fevereiro de 2016 – 13:25 hs

    Li que o ressurgimento do caso Miriam é obra do Franklim Martins. O colunista pode averiguar?

  6. domingo, 21 de fevereiro de 2016 – 19:53 hs

    … as Mirians e Rosimeires… como confiar?

  7. De olho nas notícias!
    domingo, 21 de fevereiro de 2016 – 22:11 hs

    Providencial essa movimentação envolvendo FHC: reacende o caso Rosemeri Noronha,a segunda dama de Lula, até hoje sem explicações.

  8. SOLANGE LOPÉS
    domingo, 21 de fevereiro de 2016 – 23:47 hs

    É a primeira vez que eu vejo que uma mãe faça questão de propalar aos quatro cantos do mundo que o seu filho é um filho da pu..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*