PP olha lá na frente e filia Cida Borghetti para 2018 | Fábio Campana

PP olha lá na frente e filia Cida Borghetti para 2018

índice
O raciocínio da direção nacional e estadual do PP é simples e pragmático: a vice-governadora Cida Borghetti é quem tem mais chance de agregar a base de partidos que hoje apoia o governo Beto Richa na disputa em 2018. O convite para ela voltar à legenda com garantias de concorrer ao Governo do Estado foi feito e aceito nessa semana.

Cida Borghetti deve assumir o Governo em abril de 2018 – quando Beto Richa sair para disputar uma das cadeiras ao Senado – e assim concorrer à reeleição no cargo de governadora. Um trunfo para unir os partidos, deputados, prefeitos e vereadores na grande aliança que está à frente Iguaçu desde 2010.

A direção do PP, no entanto, não vê problemas que outras correntes que hoje fazem parte ou orbitam o Governo apresentem candidatos para 2018. “A Cida Borghetti concorrerá em qualquer hipótese e, sem dúvida, tem um grande privilégio de concorrer como governadora. A probabilidade é de que o conjunto de partidos que apoia o Governo do Estado esteja mais vinculado a ela”, afirmou o deputado federal Ricardo Barros, da direção nacional da legenda, em entrevista à rádio CBN de Curitiba.

Desde o fim da tarde de sexta-feira, a filiação da vice-governadora, Cida Borghetti no PP já está no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Pelo PP, Cida Borghetti foi deputada estadual por dois mandatos, entre 2003 e 2010, e deputada federal de 2011 a 2014.


Um comentário

  1. Sergio Silvestre
    domingo, 28 de fevereiro de 2016 – 14:57 hs

    Socorrooo!!!!!!!!!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*