Polícia descobre "gatos" em barracão dos Correios na Grande Curitiba | Fábio Campana

Polícia descobre “gatos” em barracão dos Correios na Grande Curitiba

índice666

Um barracão utilizado pelos Correios em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, usava energia furtada em nove das dez divisões. O prejuízo estimado pela Copel é de R$ 1 milhão. Um inquérito para apurar a suspeita foi aberto na Delegacia de Furtos e Roubo. Os policiais estavam acompanhados de peritos do Instituto e Criminalística e confirmaram as irregularidades. A luz do local foi cortada. As informações são do Portal Paraná.

As investigações iniciaram há três meses através de uma denúncia da própria Copel que desconfiou do local por consumir um valor baixo de energia.

Segundo o delegado-titular da DFR, Rafael Vianna, a Copel começou a desconfiar dos valores baixos na conta mensal. “Era muito a baixo o valor que todo o centro estava pagando, praticamente o mesmo valor de uso de uma residência, o que obviamente não batia com o tamanho do local. A Copel ainda não levantou o prejuízo, mas pode chegar a R$ 1 milhão”, afirmou Vianna.

As investigações continuam para esclarecer o caso. Seis pessoas – entre elas diretores e funcionários da empresa locatária e dos Correios – foram até a delegacia para auxiliar nas diligências.


2 comentários

  1. sábado, 6 de fevereiro de 2016 – 12:50 hs

    TEM QUE AVERIGUAR QUEM É O DONO DOS BARRACÕES E PUNIR OS RESPONSÁVEIS…..SEM ..PENA ..POIS NÓS O POVO PAGA A LUZ DENTRO DA LEI;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;

  2. zé povinho
    segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016 – 19:19 hs

    Meu Deus do céu como tem gente idiota, o que estes imbecis pretendiam com isto? Diminuir os gastos para a dra. Dilma, estão tão preocupados assim em garantirem os seus empregos? Agora vão responder a um inquérito policial, depois outro na Polícia Federal, aquela do japonês PF, e aí concluído este inquérito outro Justiça Federal, aquela do juiz Sérgio Moro. Depois deste calvário todo este povo vai para a rua, demissão por justa causa. Valeu a pena economizar para a dra. Dilma?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*