Paraná gasta R$ 6,4 mi em auxílio moradia de juízes e MP só em janeiro | Fábio Campana

Paraná gasta R$ 6,4 mi em auxílio moradia de juízes e MP só em janeiro

tj

Os cofres públicos paranaenses pagaram cerca de R$ 6,45 milhões em auxílio-moradia a magistrados e integrantes do Ministério Público do estado apenas em janeiro deste ano. São cerca de 1,5 mil pessoas beneficiadas pelo auxílio no Paraná. As informações são de Rogério Galindo, blog Caixa Zero, na Gazeta do Povo.

Todos os juízes, desembargadores, promotores e procuradores de Justiça têm direito ao auxílio, sem sequer precisar comprovar que gastam a verba com moradia – não é necessário também que a pessoa tenha sido deslocada de sua cidade ou que comprove não ter casa própria.

O cálculo do gasto dos cofres públicos do estado segue o projeto “Auxiliômetro”, que corre na internet, e que calcula em R$ 125 milhões as despesas com o auxílio em todo o o pais mês a mês. A conta é simples: multiplica-se o número de beneficiários possíveis pelo valor mensal, que é fixo, de R$ 4,3 mil.

No caso paranaense, há cerca de 800 juízes e desembargadores e 700 promotores e procuradores. As pessoas podem escolher não receber. Sabe-se de poucos casos em que isso ocorreu, mas os números não são divulgados pelas instituições.


19 comentários

  1. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 – 16:33 hs

    Uma coisa me deixou cabreiro hoje e se for verdade temos que fechar a espelunca ou marchar para derrubar a Bastilha.
    O Parana celeiro do Moro,da sede do comando da LAVA-JATO bem ali pertinho tem um bando de juiz que seus salarios passam de 100 mil reais.
    Puxa vida,eu pago meus impostos ,não tenho justiça por que ele só serve a politicos e ricos e um sujeito deste ganha 100 mil reais por mes.
    Temos que fazer alguma coisa,não conseguiremos mais tratar destes trastes, e nós trabalhadores não podemos mais ficar reféns destes nababos.

  2. sgto tainha
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 – 17:14 hs

    Isso vai acabar! Os reiszinhos dus pobri!?? ate quando??

  3. Do Interior....
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 – 17:29 hs

    Sergio, é mais barato pagar 100 mil para os juízes do que alimentar a fome insaciável por dinheiro do Estado que tem os petistas, PMDB e PP (marginais do poder).

  4. Rudolph
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 – 18:41 hs

    Poderias começar essa revolução dos trabalhadores parando de defender bandidos.

  5. Eleitor
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 – 19:26 hs

    V E R G O N H A.

  6. Luiz Antonio sonalio
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 – 20:16 hs

    Isso sim é um escândalo, vergonha, por que eu também sendo funcionário público estadual não posso ter o mesmo direito? Pelo amor de Deus, sacanagem desses caras.

  7. Luiz Eduardo
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 – 20:39 hs

    Quando uma categoria legisla em causa própria e ninguém se atreve a ser um obstáculo a coisa desanda para a imoralidade. Isto é uma vergonha! Grotesco! E com dinheiro público!

  8. segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 – 21:33 hs

    Foi acertado tudo no “governo” do teu chefe, seu palhaço !

  9. Anderson guimaraes
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 – 22:02 hs

    Pixuleco concedido por lei! Paisinho de periferia mesmo! É muito bandido pra alimentar. Não se esqueça que eles tem sessenta dias de ferias por ano! Cadê esses deputados e senadores que não mudam a lei para evitar esse absurdo. Eles n.conseguemntirar tantas ferias e vendem, mais $$$$ no caixa! Não há quem aguente

  10. Alarico Borges
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 – 22:08 hs

    Serviço bem feito que é bom.nada! Os processos sempre demoram nas mesas dos assoberbados. Também, tem que ter tempo para comer as frutas. Eles t.carro com.motorista! Sistema feudal mesmo! O feudo do TJ, o feudo do MP e de brinde ainda uns parentes na Alep! Vão arder no mármore do inferno!

  11. Luiz Antonio sonalio
    segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 – 23:09 hs

    Que vergonha. Se for assim, também quero, pois sou funcionário estadual e também tenho direito.

  12. Intruso
    terça-feira, 2 de fevereiro de 2016 – 1:27 hs

    Uma espécie de bolsa família.
    Professores e demais serviores tb têm direito pq tb são filhos de Deus..

  13. COMANDO
    terça-feira, 2 de fevereiro de 2016 – 8:47 hs

    Mais uma vez o povo sacrificado, marajás da política e outros que ganham altíssimos salários ainda tem direito a uma enorme quantidade de beneficies.
    2016 está ai, eleições analise e 2018 volte a analisar.

  14. Flávio
    terça-feira, 2 de fevereiro de 2016 – 9:26 hs

    Tudo no Brasil é muito triste, tenho receita anual em torno de 120.000.00 mil reais, pago de impôsto de renda + – 20.000.00 mil, e não estou conseguindo pagar minhas contas, ando de carro velho (2006) fiananciado 100%. E aí vejo estas notícias , acredito ou melhor não da para acreditar em mais nada neste Paiz Brasil que sem dúvida alguma é o melhor Paiz do mundo, lógico se a honestidade existisse, apesar que não podemos julgar muitos por muitos.

  15. Parreiras Rodrigues
    terça-feira, 2 de fevereiro de 2016 – 10:02 hs

    Difícil concordar. Mas tô com o SS. PQP – E esses juízes nem se envergonham em viver nababescamente, enquanto centenas de escolas choram por escolas.

  16. fulo e maupago
    terça-feira, 2 de fevereiro de 2016 – 10:15 hs

    Posta mais coisas cabeludas dos donos do sistema…

  17. QUESTIONADOR
    terça-feira, 2 de fevereiro de 2016 – 12:12 hs

    -Aqui na terra das Araucárias tudo é perimitido com o dinheiro público recado ás custas do suor dos paranaenses.
    -Este auxílio para cerca de 800 juízes e desembargadores e 700 promotores e procuradores é uma verdadeira vergonha!!! Descalabro!!!
    -Estas benesses deveriam ser extintas sumariamente e sem aviso prévio, afinal de contas, os “eleitos” ganham muito bem para desempenhar suas funções, não caberia esta e outras “despesas” serem bancadas pelo erário!!!

  18. Sergio Silvestre
    terça-feira, 2 de fevereiro de 2016 – 12:48 hs

    Não seria mais barato contratar juízes Suecos e Americanos que trabalhal por 7 mil dólares por mês????????????Esses ao menos trabalham .

  19. PCR
    quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016 – 16:54 hs

    Esses juízes e promotores de justiça deveriam ter VERGONHA NA CARA. Infelizmente este é o meu país.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*