Janot, o salvador de Dilma Rousseff | Fábio Campana

Janot, o salvador de Dilma Rousseff

janot sabatina foto Dida Sampaio Estadao
Sem surpresa. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, como se esperava, opinou contratiamente ao processo que pede a cassação do registro da candidatura de Dilma Rousseff e de Michel Temer a presidente e a vice-presidente, em 2014, por variadas razões, inclusive diante da comprovada utiulização de dinheiro roubado da Petrobras na campanha do PT-PMDB.

A utilização comprovada desse dinheiro produto de gatunagem foi atestada pelo juiz federal Sergio Moro, que comanda a Operação Lava Jato, em correspondência ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), respondendo a questionamentos sobre o caso. O parecer de Janot é de agosto do ano passado.

Considerado o “salvador” de Dilma, na medida em que neutralizou seu principal algoz, deputado Eduardo Cunha (PMDB), presidente da Câmara, acuando-o com inúmeras acusações de corrupção no auge da campanha pró-impeachment, Janot enviou parecer minimizando as denúncias contra Dilma, alegando que “deveriam ser, à primeira vista, gravíssimas”.

Dilma é acusada de abuso de poder político e econômico, entre outros irregularidades. E, curiosamente, foi feita ao próprio Ministério Público Federal (MPF) de Brasília a revelação de dinheiro roubado da campanha de Dilma-Temer, em depoimento do empreiteiro Ricardo Pessoa, dono da construtora UTC e coordenador do cartel de empreiteiras que roubaram a Petrobras.


12 comentários

  1. Jair Pedro
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2016 – 13:25 hs

    E alguém tinha alguma dúvida? E a gratidão pelo cargo?

  2. terça-feira, 16 de fevereiro de 2016 – 13:28 hs

    A democracia está longe do seu significado. A igualdade jurídica seria assegurada a todos. mas isso só mostra que o Poder dita as Leis de acordo com as partes interessadas.E fica muito longe do que deveria ser.O Poder nomeia Poder para defender o Poder!Tudo isso é muito engraçado já que quem está no poder segue a cartilha de Marx, sempre jogando e culpando a burguesia contra o proletariado.
    Quanta porcaria ainda teremos que engolir, ou é só pizzas?

  3. RR
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2016 – 13:43 hs

    ESSE PILANTRA TEM QUE DEFENDER A MÃO QUE O ALIMENTA.

  4. zangado
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2016 – 14:50 hs

    Até quando vamos ter que aturar tanta sacanagem?

  5. Observador
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2016 – 15:38 hs

    O Ministério Público apenas opina, recomenda, da parecer. Nada mais é do que parte em qualquer demanda judicial. Só que no Brasil ele quer decidir também, tarefa exclusiva do Judiciário.O que precisamos é de um Judiciário forte e destemido, principalmente em relação ao Ministério Público, e não um apêndice do mesmo. Resumindo: precisamos mais de “Sergios” Moura.

  6. Argueiro zego icic
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2016 – 16:01 hs

    Desde muito tempo atrás eu JANOTava que esse cara tinha canetinha de tinta vermelha PerTinente, recebida de brinde…

    ic ic ic Beber eu bebo, mas besta e zego num sô mesmo. ic ic ic

  7. ferreira
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2016 – 16:32 hs

    janotis é um dos fiel mosqueteiro da coroa.

  8. Freddy Kruger
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2016 – 17:04 hs

    Estão seguindo o exemplo de Maduro, outra ditadura falida !

  9. Topera
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2016 – 17:58 hs

    Alguém sabe responder em que mandato foi insituída uma Lei que concede pagamento de auxílio moradia e outras verbas tidas por ‘indenizatória” às carreiras do judiciárias? hein??
    DURMA COM UM BARULHO DESSES..

  10. Tacalhepau...
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2016 – 19:15 hs

    ENGRAÇADO ESSE CARA DE PAU, FAZ DE TUDO PRA AFASTAR O EDUARDO CUNHA DA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA E NÃO MOVE UMA PALHA PRA AFASTAR O RENAN E DO SENADO E AGORA VEM DEFENDER A ANTA. PORQUE SERÁ?

  11. sherlok holmes
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2016 – 21:48 hs

    Esse Janot envergonha a justiça brasileira,
    tal qual, o presidente da OAB.
    Se não podem agir com imparcialidade,
    peçam demissão e vão pra casa.
    Não sabem que pau que bate em Chico,
    bate em Francisco também.

  12. SYLVIO SEBASTIANI
    quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016 – 11:28 hs

    A Dila nomeou ele Procurador -Geral, para isso. Se ele não a salvar, ela demite e processa ele, por infidelidade!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*