Dois radares registram mais de 27 mil multas em 2 meses em Curitiba | Fábio Campana

Dois radares registram mais de 27 mil multas
em 2 meses em Curitiba

radar - curitiba

Dois radares instalados no cruzamento da Avenida Marechal Floriano Peixoto com a Rua João Viana Seiler, no Parolin, são os campeões de autuações em 2015, mesmo operando apenas por pouco mais de dois meses. Os equipamentos, instalados no final de outubro, fiscalizam os motoristas que excedem o limite de velocidade de 40 km/h, avançam o sinal vermelho ou param sobre a faixa de pedestres. Juntos, os radares somaram 27.616 autuações. As informações são do Paraná Portal.

De acordo com o diretor de engenharia da Setran, Maurício Razera, o número de multas é reflexo do tamanho do desrespeito dos motoristas na região, ressaltando que o trecho é uma via lenta e muitos motoristas parecem não saber que o limite de velocidade, no local, é menor.

O terceiro lugar ficou com o antigo campeão, o radar que fica na Linha Verde, próximo à Av. Wenceslau Braz, e flagra motoristas que fazem uma conversão proibida à esquerda. Foram 9 mil multas em 2015, número bem inferior ao registrado em 2014, de 17.913 autuações.

Segundo o diretor da Setran, a diminuição é exatamente o objetivo da instalação dos equipamentos. “Se e;a [a sinalização] está lá, é por algum motivo. E o principal é a segurança dos motoristas, pedestres e todos que compartilham a via”, explica.

No total, os cerca de 200 equipamentos espalhados pela cidade flagraram cerca de 347 mil infrações em 2015, totalizando R$ 66 milhões em arrecadação. De acordo com a Setran, cerca de 70% das autuações nos radares são por excesso de velocidade.


11 comentários

  1. chaves
    quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016 – 14:22 hs

    Com tudo isto não são capazes de manter um guincho na secretaria para recolher carros estacionados irregularmente ou dar apoio a guarda municipal recolhendo aqueles veículos utilizados como pizeiras, para a prática de delitos mais graves.
    Uma vergonha esta administração!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. Carlos
    quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016 – 14:37 hs

    Setran, isto é o reflexo da sacanagem e desrespeito ao cidadão. Alguém me responda: porque na mesma esquina é 40 km na Mal. Floriano e 60 km na João Viana Seiler. Não é via lenta ? Para andar na Marechal é 40 e cruzar a Marechal é 60 km. Foi desatenção da engenharia ou é armadilha para arrecadar dinheiro para a campanha deste ano ?

  3. HAIMATLAND
    quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016 – 15:25 hs

    CAÇA-NÍQUEL VERSÃO FRUET EM FIM DE FEIRA.

  4. Intruso
    quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016 – 16:05 hs

    Cidade q tem Prefeito 40 p/h a indústria da multa corre solta.

  5. claudio
    quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016 – 16:09 hs

    TA MAIS QUE PROVADO QUE É UM CAÇA NIQUEL PARA COBRIR A ROBALHEIRA GENERALIZADA QUE TOMOU CONTA DO PAIS. TEM QUE COLOCAR UM AVISO,DEVAGAR VOCE VAI SER ASSALTADO.O CIDADÃO DE BEM QUE ANDA COM A CABEÇA QUENTE PARA ARRUMAR DINHEIRO PARA PAGAR TANTA COISA INVENTADA PELOS POLITICOS ACABA CAINDO NESSAS ARMADILHAS. 2016 É ANO DE ELEIÇÕES ABRAM O OLHO POVO DE BEM VAMOS DAR UM BASTA NISSO.

  6. Carlos Rigon Setti
    quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016 – 18:54 hs

    Esses FDPs da Setran metendo a mão no bolso do povão ! Imagina que bela campanha pros adversários do Fruet – 27 mil votos garantidos pra oposição, fora os amigos e familiares desses 27 mil. Fruet não precisa de adversário, nem de campanha contra. Seus secretários já vão enterrá-lo vivo. A partir do ano que vem será , além de desempregado, um cadáver político. Não se elege mais nem pra síndico. Lembrem do Greca, que foi um colosso, fez uma grande prefeitura, mas depois do escândalo dos bingos não se elegeu nem pra estadual e virou um pedinte político. Fruet é o Greca amanhã.

  7. Gordão do Prédio
    quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016 – 19:24 hs

    E como está esse contrato com a Consilux? Lembro que havia sido “encampado” na gestão do Ducci. E agora? Como que ela recebe? Teve licitação?

  8. Roberto
    quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 – 9:38 hs

    Fruet vendeu a alma ao diabo do PT… e o Brahma não devolve nada… veja o sitio e o triplexxx…

  9. Nico do Salão
    quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 – 11:15 hs

    Segundo o engenheiro Razera, a velocidade máxima admitida em toda a Marechal Floriano é de 40Km/hora, é isso mesmo,
    40Km por hora.
    Leiam isto:
    “”De acordo com o diretor de engenharia da Setran, Maurício Razera, o número de multas é reflexo do… tamanho do desrespeito dos motoristas na região…., ressaltando que o trecho é uma via lenta e muitos motoristas parecem não saber que o limite de velocidade, no local, é menor.””
    Diga, diga, fale..40km/hora….aonde se viu isso.
    Desrespeito é o que vocês estão fazendo.

  10. QUESTIONADOR
    quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 – 12:37 hs

    -É a indústria de multa…arrecadando cada vez mais….!!!!

  11. Jacyr Augusto
    quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016 – 13:51 hs

    Desrespeito é o que o fruet capivara e este maurício rasteira estão fazendo conosco.
    Ao inves de investirem e infraestrutura, sinalização, passagens elevadas e etc, preferiram implantar estes radares para tomar o dinheiro do curitibano.
    Radares instalados na surdina, sem identificação adequada e totalmente fora dos padrões que a cidade sempre teve. Tudo para enganar os motoristas.
    Reduzir as velocidades para 40km/h, implantar ciclofaixas próxima à ciclovias, implantar longos trechos de “vias calmas” são apenas exemplos da grande incompetência do prefeito, sem contar a grande falta de respeito para como o cidadão curitibano.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*