Bumlai deve dizer que reformou sítio frequentado por Lula a pedido de Marisa | Fábio Campana

Bumlai deve dizer
que reformou sítio frequentado por Lula
a pedido de Marisa

índice

Mônica Bergamo, Folha de S. Paulo

José Carlos Bumlai deve admitir em depoimento que foi o responsável pelo início da reforma do sítio frequentado por Lula em Atibaia (SP). De acordo com essa versão, o pecuarista teria sido procurado pela ex-primeira-dama Marisa Letícia, que queria deixar o lugar pronto para a família passar o Natal de 2010, às vésperas de o marido sair do governo.

Ocupado

Bumlai, que era amigo do casal presidencial e teria, por isso mesmo, sido procurado pela primeira-dama para ajudar nas obras, sustentará que jamais tratou da reforma com Lula. E que acredita que o petista, então presidindo o país, sequer sabia que ela estava em andamento.

Demissão

As obras, de acordo com essa versão, foram tocadas pelo pecuarista com funcionários de suas fazendas, além de pedreiros locais. Dona Marisa teria ficado descontente com o ritmo. Bumlai então teria deixado o comando do empreendimento.

Os substitutos

O ex-fazendeiro deve afirmar ainda que não sabe como foi feita a segunda parte da reforma. De acordo com relatos já colhidos na investigação, um consórcio de empreiteiras, como OAS e Odebrecht, se responsabilizaram por parte dela.


3 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016 – 13:42 hs

    A entrega de fraldões atrasou na mansão dos Lula da Silva.

  2. henry
    quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016 – 14:22 hs

    A QUADRILHA REUNIDA COM SEU “chefão”…

  3. quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016 – 14:55 hs

    Quanto mais eles falam, Lula, Dilma, Letícia, Bumlai & cia, mais enrolados ficam. A verdade será desvendada, quando menos esperar, como exemplo temos a operação Lava Jato, que assim ficou conhecida porque estavam investigando uma coisa e houve esse alucinado processo que descobriu os corruptos da Petrobras e os corruptores das empreiteiras. Inexiste crime perfeito, a não ser que não se empenhem em descobri-lo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*