Trabalhadores sem terra invadem fazenda pela terceira vez | Fábio Campana

Trabalhadores sem terra invadem fazenda pela terceira vez

sem

Cerca de 30 famílias ligadas ao Movimento dos Agricultores Sem-Terra (Mast) invadiram, na madrugada deste sábado,dia 23, a Fazenda Monte Verde, em Jundiaí do Sul, no Norte Pioneiro. Esta foi a terceira invasão à propriedade pelo mesmo grupo em 15 anos.No acampamento improvisado há carência de tudo.

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra)já considerou a área improdutiva, mas os proprietários da área têm dívidas com o Banco do Brasil, o que impede negociações, e também questões tributárias pendentes.

Além disso, a área não pode ser desapropriada porque cerca de 30% dela é coberta por mata nativa,objeto de pesquisa científica por órgãos públicos.
Nas outras duas ocasiões, as reintegrações de posse ocorreram de maneira pacífica.
Ainda não há pedidos para presença da Polícia Militar e nem ordem judicial para desocupação da área de 1.369 hectares,que possui documento impedindo de ser desmembrada para fins de desapropriação.
São 380 alqueires livres e 270 alqueires de mata.A fazenda tem valor avaliado em R$ 20 milhões.
A primeira invasão foi em 2000 quando era prefeito Valter Abras(PSDB) e a última em 2006, quando o chefe do executivo era Joel Rauber(PMDB).


4 comentários

  1. FUI !!!
    domingo, 24 de janeiro de 2016 – 7:06 hs

    Aqui no Brasil infelizmente a gente aprende que lei é para ser
    desrespeitada porque os governantes dão este mal exemplo a
    toda hora. Aqui não existe lei de propriedade. O cara paga um
    imposto infernal da sua “propriedade” que na verdade não tem
    direito sequer de deixar inativa. Pode estar improdutiva mas quem
    disse que ser improdutiva é sinônimo de devedor !? Estes malacos
    que invadem profissionalmente estas áreas precisam ser retiradas
    a bala. Não existe lei que negue isto. É direito de propriedade e
    fim de papo !!!

  2. domingo, 24 de janeiro de 2016 – 12:40 hs

    Caro Fábio Campana:
    Te admiro como profissional de imprensa e, por esta razão, tomo a liberdade de fazer a seguinte questionamento. Vc postou em seu blog uma matéria sobre invasão de fazenda em Jundiaí do Sul. O mesmo texto e fotos foram veiculados no site NP Diário, de Santo Antônio da Platina. Ele toma para si o credito da produção . Vc copiou o texto do jornalista Valcir Machado sem dar crédito ou ocorreu o inverso?

    Veja a íntegra:

    3/01/2016 18h37 – Atualizado em 24/01/16 04h42
    Trabalhadores sem terra invadem fazenda de Jundiaí pela 3ª vez
    Foi na madrugada deste sábado

    Da Redação, npdiario.comCOMPARTILHAR COMENTAR NOTÍCIA

    Cerca de 30 famílias ligadas ao Movimento dos Agricultores Sem-Terra (Mast) invadiram, na madrugada deste sábado,dia 23, a Fazenda Monte Verde, em Jundiaí do Sul, no Norte Pioneiro. Esta foi a terceira invasão à propriedade pelo mesmo grupo em 15 anos.
    No acampamento improvisado há carência de tudo.
    O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra)já considerou a área improdutiva, mas os proprietários da área têm dívidas com o Banco do Brasil, o que impede negociações, e também questões tributárias pendentes.
    Além disso, a área não pode ser desapropriada porque cerca de 30% dela é coberta por mata nativa,objeto de pesquisa científica por órgãos públicos.
    Nas outras duas ocasiões, as reintegrações de posse ocorreram de maneira pacífica.
    Ainda não há pedidos para presença da Polícia Militar e nem ordem judicial para desocupação da área de 1.369 hectares,que possui documento impedindo de ser desmembrada para fins de desapropriação.
    São 380 alqueires livres e 270 alqueires de mata.A fazenda tem valor avaliado em R$ 20 milhões.
    A primeira invasão foi em 2000 quando era prefeito Valter Abras(PSDB) e a última em 2006, quando o chefe do executivo era Joel Rauber(PMDB).
    O município tem 3.500 habitantes.

  3. Jair Pedro
    domingo, 24 de janeiro de 2016 – 15:31 hs

    Esse pessoal deveria invadir o Palácio do Planalto, do Jaburu, a Granja do Torto, a Praça dos Tres Poderes, já que lá é uma área totalmente inútil para o país, e que lá só produzem despesas para o contribuinte.

  4. Troll
    domingo, 24 de janeiro de 2016 – 21:15 hs

    Porque não invadem o triplex do molusco lá no Guaruja?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*