Lucro líquido do Bradesco aumenta 13,9%, para R$ 17,180 bilhões | Fábio Campana

Lucro líquido do Bradesco aumenta 13,9%, para R$ 17,180 bilhões

O Globo

O Bradesco, segundo maior banco privado do país, registou em 2015 um lucro líquido de R$ 17,180 bilhões, um crescimento de 13,9% em relação ao registrado no ano passado. Esse crescimento foi possível devido aos maiores ganhos proporcionado pela intermediação financeira, ou seja, pelo efeito dos juros mais elevados, uma vez que a carteira de crédito avançou apenas 4,2% no período – para 2016, a instituição prevê que o total de empréstimos cresça entre 1% e 5%.

— Depois de anos ininterruptos de crescimento, com rápida expansão e superando mais de 50% do PIB o montante, é óbvio que agora, em um ciclo de desaceleração, as curvas de crescimento serão menores. Isso ocorre em função dessa atividade econômica que esfriou a demanda por novos empréstimos — afirmou o presidente do banco, Luiz Carlos Trabuco, em teleconferência à imprensa.


2 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 28 de janeiro de 2016 – 13:45 hs

    O lulopetismo é alegria e a garantia de fartura dos banqueiros. Enquanto isso, o setor produtivo vai à pique.

  2. quinta-feira, 28 de janeiro de 2016 – 20:35 hs

    Nunca os banqueiros ganharam tanto como nesses governos petistas. Falavam mal de banqueiros e deram o que eles queriam lucros astronômicos, deixando a população mais pobre. E a crise cada vez maior. E viva os juros dos Cartões de crédito abusivos e impagáveis.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*