Fruet troca apoio a Dilma por verbas federais | Fábio Campana

Fruet troca apoio a Dilma por verbas federais

índice

O prefeito Gustavo Fruet (PDT) admitiu nesta segunda-feira, 4, que assinou o manifesto contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) em troca de verbas federais para obras e projetos em Curitiba. “Eu tenho consciência que a maior parte da população curitibana é contra o governo e pelo impeachment. Então eu estou tomando todo o cuidado em preservar todos os projetos que temos no governo federal”, disse Fruet em entrevista ao repórter Ivan Santos no Bem Paraná.

Se Fruet titubeia em relação a Dilma, o mesmo não acontece quando fala do PT. “A sociedade está profundamente revoltada com relação ao PT. Acho que o PT, se não acabou, vai ter que ser refundado”, disse. Ao responder sobre a entrega dos cargos e a escolha de candidatura própria pelo PT, Fruet respondeu: “Para mim é um assunto superado, resolvido. O PT que tenha candidatura própria”.

Sobre as reclamações da senadora Gleisi Hoffmann que afirmou que o prefeito nunca demonstrou interesse em manter a aliança com o PT, Fruet respondeu da seguinte forma. “O PT, ou alguns setores do PT tem que entender, acho que quem sofre é o idealista, o militante histórico. Agora nunca um número de dirigentes tão expressivo foi preso ou está sob investigação. Não é possível que não haja um gesto de reconhecimento de que alguma coisa está errada. Tem um projeto de poder? Tem. Qual o custo? Acho que foi além de qualquer possibilidade”.


12 comentários

  1. segunda-feira, 4 de janeiro de 2016 – 17:11 hs

    Peço menos em política continua CONSCIENTE. Ninguém pode substimá-lo, esá colocando o seu futuro político em benefício da cidade que COMANDA absolutamente certo.

  2. tadeu rocha
    segunda-feira, 4 de janeiro de 2016 – 17:45 hs

    PREFEITO GUSTAVO FRUET, É ISSO QUE POVO CURITIBANO GOSTA DE VOCE, HOMEM SEM MANCHA NA POLÍTICA , AMA CURITIBA, SEMPRE DEFENDEU CURITIBA, É ISSO QUE VOCÊ VAI CONTINUAR COMO NOSSO PREFEITO, 2016,

  3. joao
    segunda-feira, 4 de janeiro de 2016 – 20:26 hs

    Esperamos que curitiba tenha sido contemplada com verbas federais afinal de contas a vice é PT, e a única forma de resgatar a imagem é fazer um trabalho que seja vitrine, em um momento cr´tico que vive a presidenta, jamais visto na história deste pais..

  4. sgto tainha
    segunda-feira, 4 de janeiro de 2016 – 23:59 hs

    Essa fruita apodreceu! Ai tem coisa a ser investigada!
    Nunca nos enganou essa traia de gente!

  5. Luiz Antonio
    terça-feira, 5 de janeiro de 2016 – 9:21 hs

    Gustavo Fruet seria um provável governador do Paraná se fosse mais coerente com uma ideologia política. Em 2005, no PSDB, como deputado federal foi destaque na CPI do mensalão do PT expondo a corrupção que se instalava neste partido e que já dava sinais dos níveis a que chegou nos dias atuais.
    Em 2012, no PDT, aliou-se ao PT para chegar a prefeitura da capital. Como administrador deixa a desejar e tem acumulado reclamações nos quatro cantos da cidade.
    Agora diz que, mesmo sabendo que a maioria da população é a favor do impeachment, assinou um manifesto contra, e ainda que o PT deveria ter candidatura própria na capital. Ou seja, ele é a favor de Dilma Rousseff mas é contra o PT. Difícil compreender suas posições.
    Em 2016 vai ter dificuldades para se reeleger prefeito e é muito provável no futuro volte a ser deputado federal. Isto se for um pouco menos indeciso quanto a suas posições políticas.

  6. MANOEL BOCUDO
    terça-feira, 5 de janeiro de 2016 – 9:37 hs

    O MAL GESTOR VC CONHECE PELAS NEGOCIATAS, O CARECA AI
    CAIU DE PARAQUEDAS, NÃO GANHA NEM PARA INSPETOR DE
    QUARTEIRÃO . QUE LEVA FRACA DE PREFEITOS ESTA ULTIMA.
    VAMOS TORCER PARA MELHORAR EM 2016, OU A VACA VAI
    PARA O BREJO COM CORDA E TUDO.

  7. Pede prá sair Chorão
    terça-feira, 5 de janeiro de 2016 – 11:31 hs

    Esse Fruet é um manipulador cara de pau.

    Mais pode ficar tranquilo que também o seu projeto de poder está com os dias contados.

    3 anos só chorando e agora em ano eleitoral começar a trabalhar não cola mais safado.

  8. mosca sem asas
    terça-feira, 5 de janeiro de 2016 – 16:48 hs

    Este prefeito é um banana. Que decepção.

  9. Rose
    terça-feira, 5 de janeiro de 2016 – 23:00 hs

    Meus pêsames Gustavo Fruet, vc quieto se daria melhor do que fazer esta troca. Fez por vc, não pelos curitibanos, que não veem a hora desta presidente do Brasil cair fora, ninguém em sã consciência quer mais esta pessoa no desgoverno do Brasil. Ela está comprando todas as pessoas que não tem brio, caráter, são os vendidos que são contra o impeachment dela. Mas nós pessoas de bem, do bem, de caráter queremos sim não o impeachment, mas sim a INTERVENÇÃO MILITAR! fora DILMA, FORA COMUNISTAS, FORA FRUET. JAMAIS VC SERÁ PREFEITO NOVAMENTE, ACABOU COM A SUA CARREIRA POLÍTICA! Que decepção, qdo penso que joguei meu voto no lixo, pois votei no Fruet!

  10. zé povinho
    quarta-feira, 6 de janeiro de 2016 – 10:58 hs

    Coitado do Guga, ao assinar o tal manifesto contra o impeachment da dra. Dilma deu adeus à reeleição, o cara não sabe que a maioria dos curitibanos não vota em que conta com o apoio da dra. ou do Betinho Banana? Se matou o Guguinha.

  11. Antonio Bernardo Klein
    quarta-feira, 6 de janeiro de 2016 – 22:57 hs

    Eu votei nele como pessoa pois o conheço quando menino ainda, isso delega um crédito para governar a nossa Cidade. Imagino que não esta sendo fácil para governar uma cidade onde O Presidente pertence a um partido envolvido em corrupção. Um governador que precisa acordar para a realidade e dizer a seus assessores mentirem menos. Governar uma cidade que só tinha contas a pagar quando do inicio de sua gestão. Criticar é fácil, vá fazer, o menor resultado que se consegue já é uma vitoria. Não ganho nada com isso, pelo contrario, pago altos impostos para a Prefeitura mas, é a regra do Jogo.
    Ps. não ganho nada com isso em defende-lo, só vejo que esta cumprindo seu objetivo.

  12. Perdeu o senso do ridículo
    sexta-feira, 8 de janeiro de 2016 – 2:10 hs

    Prezado Prefeito – seja claro e preciso! Quais são esses importantes projetos financiados com recurso federal que justificam o senhor contrariar de forma tão visceral o senso comum, mas ainda, nada justifica perder o senso do ridículo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*