Aécio volta a negar acusação de que recebeu propina | Fábio Campana

Aécio volta a negar acusação de que recebeu propina

aecio3
Tucano diz que está constituindo advogado para tratar do caso e que não vai se intimidar

De o Globo

O presidente do PSDB, o senador Aécio Neves (MG), voltou a rebater a acusação que recebeu R$ 300 mil em propina da empreiteira UTC. Em vídeo divulgado em sua conta no Twitter, o tucano negou a informação, presente no acordo de delação premiada firmado por Carlos Alexandre de Souza Rocha, conhecido como Ceará e um dos investigados na Operação Lava-Jato. Ele era um dos entregadores de dinheiro do doleiro Alberto Youssef.

Aécio começa o vídeo, de um minuto e 50 segundos, dizendo que 2015 foi um ano de dificuldades, mas desejando um 2016 de esperanças renovadas. Depois, ele faz uma defesa pessoal contra as acusações.

— Mas me permitam também nesse instante manifestar aqui minha mais profunda indignação com essa sórdida tentativa que assistimos nos últimos dias de vinculação de nomes da oposição na Operação Lava-Jato, incluindo aí meu próprio nome. Essas citações são absolutamente fantasiosas e criminosas e por isso temos que apurar de forma definitiva o que está por trás disso — afirmou Aécio.
PUBLICIDAD

Em seguida, ele diz que os outros supostos envolvidos no episódio negaram ter havido repasse.

— Nos últimos dias surgiu um cidadão com alcunha de Ceará que trabalharia para o senhor Youssef e teria transferido recursos para uma empresa. E que esses recursos chegariam a mim. Repito mais uma vez: isso não é verdadeiro. O próprio Youssef já assegurou que jamais teve comigo qualquer contato e sequer me conhece, o que é verdadeiro. A empresa já negou de forma categórica que tivesse transferido a mim qualquer recurso – disse o tucano.

Aécio conclui dizendo que está constituindo advogado para cuidar do caso e que não vai se intimidar.

— Eu posso garantir a vocês que, ao contrário do que podem achar alguns, isso não me intimida. Ao contrário. Isso só aumenta minha determinação de continuar onde sempre estive, defendendo a verdade e combatendo a corrupção em benefício de um novo Brasil que, eu tenho certeza, nós vamos construir — afirmou o senador.


5 comentários

  1. sexta-feira, 1 de janeiro de 2016 – 13:32 hs

    Isso é para que a a OPERAÇÃO LAVA JATO tenha rumos conflitantes para desacreditá-la. Esse tal de CERÁ

  2. Rock
    sexta-feira, 1 de janeiro de 2016 – 14:17 hs

    E onde alguém já viu bandido confessar crime pelo histórico do cara é claro que verdade, grana da saúde mineira desaparecida, aeroporto com dinheiro público nas terras do titio, mensalão Cemig, recursos do povo mineiro em seus rádios o cara sempre fez festa com recursos púbico e tem Mané que acha que ele é santo.

  3. sexta-feira, 1 de janeiro de 2016 – 15:03 hs

    E sse tal de Ceará deve ser cobra mandada do PT para tentar desviar, realmente, o foco das INVESTIGAÇÕES. Querem embolar para tentarem anular tudo. Mas eis que aí, em Curitiba. o Magistrado não se deixará levar por essas falácias, sem conteúdo e embasamento legal.

  4. jk
    sexta-feira, 1 de janeiro de 2016 – 23:38 hs

    É obvio que vai negar, esse é o padrão quem acusa tem que provar e quem deve sempre vai negar, e politico nega até que a morte chegue.

  5. vilson
    sábado, 2 de janeiro de 2016 – 9:19 hs

    todos negam, estranho seria algéem assumir.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*