Vai-se o gordo, fica o patrimônio | Fábio Campana

Vai-se o gordo,
fica o patrimônio

walter-fugiu-do-treino-do-fluminense_281093
A direção do Atlético Paranaense comunicou hoje oficialmente que o atacante Walter não continuará no time em 2016. Segundo o clube, o Porto, que é dono dos direitos do jogador, não autorizou a renovação do empréstimo. A nota aponta que o Porto exigiu compra de percentual dos direitos econômicos “por valores acima do entendimento da avaliação do CAP”, e que houve “real proposta do Sport Recife em valores que o CAP entendeu ser de altíssimo risco, em razão de o atleta ter grandes dificuldades para jogar no seu peso ideal“.

No Leia Mais a íntegra da nota do Atlético.

O Clube Atlético Paranaense comunica que, apesar dos esforços desprendidos, não será possível a permanência do atacante Walter para a temporada de 2016. Pelas seguintes razões, citadas abaixo:

a) Da negativa por parte do FC Porto de ser efetivado um novo período de empréstimo;

b) Da exigência por parte do FC Porto para a compra de percentual dos direitos econômicos por valores acima do entendimento da avaliação do CAP;

c) Da necessidade de se firmar um contrato com o atleta por 2 anos mínimos;

d) Das afirmações textuais do atleta de que sua preferência era jogar no time do seu coração da sua cidade natal;

e) Da real proposta do Sport Recife em valores que o CAP entendeu ser de altíssimo risco, em razão de o atleta ter grandes dificuldades para jogar no seu peso ideal (para um atleta de esporte de alto rendimento);

f) Pelo profundo conhecimento pela nossa equipe técnica das reais condições físicas e fisiológicas do atleta e seus rendimentos no exercício de 2015 (relação custo/risco X benefício)!

O Clube Atlético Paranaense agradece o FC Porto, seu procurador pelos esforços havidos durante as negociações e suas tentativas para chegarmos a um entendimento e deseja ao jogador sucesso e felicidades junto ao seu novo clube!

A Direção


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*