O desabafo de Levy | Fábio Campana

O desabafo de Levy

levy_6

por Lauro Jardim

Joaquim Levy tem dito aos mais próximos que saiu no momento apropriado. Ou seja, depois do fim do ano legislativo, de a meta fiscal de 2016 e de o Orçamento terem sido votados — fora o impeachment perdendo força. Considera também, o que é uma realidade, que as reformas que ele pretendia fazer não foram feitas, barradas pelo Congresso.


2 comentários

  1. VISIONÁRIO
    terça-feira, 29 de dezembro de 2015 – 5:51 hs

    Pode ser um excelente economista, porem ficou muito tempo nas
    mãos da Dilma. Queimou energia, nada conseguiu fazer e ainda
    sujou o currículo. Vai tarde.

  2. zé povinho
    terça-feira, 29 de dezembro de 2015 – 12:00 hs

    A única coisa boa que o ex-ministro fez foi ter pedido o boné antes de ser mandado para casa. De resto não fez nada, igualzinho a este Desgoverno da dra. Dilma, até agora ela nem começou a governar. Será que agora vai? Ou a pasmaceira continua até depois do Carnaval?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*