MP pede devolução de R$ 11,3 milhões de 4 políticos do PPS por improbidade | Fábio Campana

MP pede devolução de R$ 11,3 milhões de 4 políticos do PPS por improbidade

ima
MP pede que quatro políticos do PPS devolvam R$ 11,3 milhões por irregularidades na Alep. Ação na Justiça cita Rubens Bueno, Douglas Fabrício, Cesar Silvestri Filho e Marcelo Rangel, além do diretório estadual do partido

É uma ação civil pública por improbidade administrativa contra quatro políticos do PPS e o diretório estadual do partido. Funcionários comissionados dos gabinetes parlamentares e da liderança da legenda na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), na verdade, prestaram serviço ao diretório local do PPS. Na ação, o órgão pede a devolução de R$ 11,3 milhões aos cofres públicos, além da perda da função pública e da suspensão dos direitos políticos dos envolvidos. Com informações da Gazeta do Povo.

São citados na ação Rubens Bueno, deputado federal, líder do PPS na Câmara e presidente do partido no Paraná; Douglas Fabrício, deputado estadual licenciado e secretário de Esportes e Turismo do Paraná; Cesar Silvestri Filho, ex-deputado estadual e prefeito de Guarapuava; Marcelo Rangel, ex-deputado estadual e prefeito de Ponta Grossa; além do próprio diretório estadual do PPS.

A ação foi oferecida à Justiça no último dia 5 de novembro pela promotora Danielle Gonçalves Thomé, da Promotoria de Proteção ao Patrimônio Público do MP. O caso tramita na 5.ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, sob responsabilidade da juíza Patrícia de Almeida Gomes Bergonse. Conforme despacho do dia 9, a magistrada determinou a notificação dos citados na ação para que se manifestassem por meio de documentos e justificativas. Também notificou o estado do Paraná como terceiro interessado no caso.

Nenhum dos envolvidos foi encontrado para comentar o assunto.


15 comentários

  1. Diomar
    terça-feira, 1 de dezembro de 2015 – 8:14 hs

    Como confiar nos políticos brasileiros? Em quem confiar? Quem trabalha realmente pelo povo? O que pode um político honesto, honrado e comprometido com o Estado e com o País fazer no meio de tantos outros políticos inescrupulosos, calhordas, perdulários, corruptos, desonestos? Chega dessa politicalha nojenta, temos que livrar nosso País dos ratos que aí estão apenas para se servir dele! Chega de sustentarmos suas insanas mordomias às custas do suor do nosso trabalho! Basta!
    Senhores maus políticos, não contem comigo para nada. A não ser se for para fazer uma vaquinha e mandá-los para a Indonésia.

  2. Renato Britto Barros
    terça-feira, 1 de dezembro de 2015 – 8:32 hs

    Nossaaaaaaaaaa o limpinho não é tão limpinho como diz ser.

    ” Faça o que eu digo mas, não faça o que eu faço. “

  3. Rock
    terça-feira, 1 de dezembro de 2015 – 9:08 hs

    Esse tal de Rubens Bueno não é aquele politico profissional que sempre negocia o seu partido e agora esta envolvido em outra maracutaia e ainda quer ter moral e derrubar a presidente

  4. adelino
    terça-feira, 1 de dezembro de 2015 – 9:19 hs

    Voto limpo né. É vergonhoso e porquê não dizer nojento a situação de nossos políticos

  5. Ketlin Pamella
    terça-feira, 1 de dezembro de 2015 – 11:40 hs

    Os Limpinhos estão Sujinhos !

  6. PORTUÁRIO
    terça-feira, 1 de dezembro de 2015 – 12:04 hs

    DEMOROU PARA PEGAREM ESSE CARA

  7. alexandre rodrigues
    terça-feira, 1 de dezembro de 2015 – 13:06 hs

    MPUBLICO, TODOS OS ASSESSORES DE DEPUTADOS FAZEM SERVIÇOS PARA SEUS PARTIDOS, OU NAO FAZEM?

    LIDERANÇA DE PARTIDOS NA ASSEMBLEIA É PARA QUE?

    ASSESSORES DE DEPUTADOS NAO TRABALHAM PARA OS PARTIDOS QUE SEUS DEPUTADOS FAZEM PARTE?

    o que está errado?????????????????????????????????????

  8. ILSON
    terça-feira, 1 de dezembro de 2015 – 15:24 hs

    Para quem se auto se denominava limpinho, uma verdadeira sujeira, anarquia

  9. jose rosa
    terça-feira, 1 de dezembro de 2015 – 15:54 hs

    todos os deputados que tem bancada nas assembleias tem as lideranças dos partidos, que é ocupado por gente do partido..

    ou não, todos os partidos tem e são aprovados pela assembleia que permite.

    ou quem ocupa as bancadas do partido nao deveriam ser do partido.

    ministerio publico tá exagerando,
    o que o deputado Rubens bueno tem a ver com os deputados estaduais.
    matéria forçando a barra.

  10. Juventino clemente
    terça-feira, 1 de dezembro de 2015 – 15:56 hs

    DEMOCRACIA TEM UM PREÇO, O PREÇO SÃO OS PARTIDOS,

    OS PARTIDOS UE FAZEM POLITICA, AS BANCADAS SÃO DO PARTIDOS, QUE PODEM SEREM NOMEADOS PELOS SEUS DEPUTADOS.

  11. José Carlos
    terça-feira, 1 de dezembro de 2015 – 18:41 hs

    A lama de Mariana invadiu o PPS..sujou o limpinho…hehehehe

  12. marcio nantes
    quarta-feira, 2 de dezembro de 2015 – 14:43 hs

    DEIXA EU ENTENDER , QUEM FAZ PARTE DA BANCADA DO PARTIDO NAO PODE TRABALHAR PARA O PARTIDO É ISSO?

    05 ASSESSORES DE 5.000,00 EM UM ANO 300.000, EM 03 ANOS

    900.000,

    COMO O MINISTÉRIO PUBLICO CHEGOU NOS 11.300.000

    CHEIRO DE PT NO AR. retaliação
    deputado Rubens Bueno é deputado federal o que tem a ver com os deputados estaduais

  13. Antônio Garcia Molina
    quarta-feira, 2 de dezembro de 2015 – 23:30 hs

    Tem uma lei Estadual que permite trabalho político nos esçritorios dos partidos e dos deputados.
    Será que o MP. Não sabe da lei.

  14. Antônio Garcia Molina
    quarta-feira, 2 de dezembro de 2015 – 23:31 hs

    O que o deputado federal Rubens Bueno tem com isso….?
    Cheiro dês Ptista no Ar

  15. Luiz Carlos Khum
    quinta-feira, 3 de dezembro de 2015 – 13:24 hs

    MP , JF, JE, TCONTAS, TCONTAS UNIAO, DEFENSORIAS, JTRABALHO,PF, MPF..
    TODOS TEM SEUS FUNCIONARIOS PAGOS PELO TESOURO PARA TRABALHAR NAS ASSOCIAÇÕES QUE DEFENDEM SEUS INTERESSES.
    ESSE PESSOAL ONDE FICA O GABINETE DELES?

    NA DA SEDE DE SUAS ASSOCIAÇÕES E É ILEGAL????

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*