Sergio Moro condena dono da Engevix a 19 anos de prisão | Fábio Campana

Sergio Moro condena
dono da Engevix
a 19 anos de prisão

moro_2

O juiz federal Sérgio Moro condenou nesta segunda-feira, 14, o empresário Gerson de Mello Almada, dono da Engevix, a 19 anos de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. As informações são do Estadão.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, os dirigentes da Engevix teriam destinado pelo menos cerca de 1% sobre o valor de contratos e aditivos à Diretoria de Abastecimento da Petrobras, “destes valores sendo destinado parte exclusivamente a Paulo Roberto Costa” – ex-diretor da estatal e primeiro delator da Lava Jato.

Foram absolvidos Newton Prado Junior, Luiz Roberto Pereira e Carlos Eduardo Strauch Albero “de todas as imputações, por falta de prova suficiente de que agiram com dolo” e Enivaldo Quadrado “da imputação de lavagem de dinheiro, por falta de prova suficiente de autoria para condenação”.


2 comentários

  1. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 14 de dezembro de 2015 – 19:58 hs

    Imagino quantos anos de cadeia pegaria aqueles que levam não 1% mas vinte vezes mais do que isso nas maracutaias do pedágio do Parana,daria uns 100 anos de cadeia.

  2. Tacalhepau...
    segunda-feira, 14 de dezembro de 2015 – 21:08 hs

    NAS MÃOS DO MORO, VAGABUNDO CHORA MAS VAI PRA CANA DURA… CURITIBA NÃO É BRASILIA ONDE OS PROCESSOS NÃO ANDAM E QUANDO ANDAM NÃO DÁ EM NADA. COM O MORO A JUSTIÇA FUNCIONA.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*