Ibovespa dispara 3% com abertura de impeachment de Dilma; dólar cai | Fábio Campana

Ibovespa dispara 3% com abertura de impeachment de Dilma; dólar cai

O Ibovespa dispara nesta quinta-feira (3), após o anúncio do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) de que abrirá o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Às 9h06 (horário de Brasília), o contrato futuro do Ibovespa para dezembro subia 3,07%, a 48.105 pontos. Já o dólar futuro para janeiro recua 0,47% a R$ 3,85.

Entre os consultores financeiros, a notícia ainda mantém indefinido o cenário. “No exterior as respostas são positivas, já que para o mercado financeiro a saída de Dilma é vista como positiva e representa mudanças. Entretanto, temos que lembrar que o processo é longo e incerto, fragiliza ainda mais o já combalido governo do PT e coloca o País mais perto de perder o seu segundo grau de investimento”, diz corretora SLW em relatório divulgado pela Bloomberg.

Já para a consultoria de risco político Eurasia, Dilma deve sobreviver, enquanto que a MCM diz que a aprovação do impeachment é difícil, mas a crise econômica e a Operação Lava Jato podem alterar o quadro até etapa final do processo. Já a Nomura diz que ação de impeachment deve monopolizar atenções e afetar avanço de medidas fiscais. Por fim, para o Barclays, o movimento para saída de Dilma vai aumentar a volatilidade do mercado, segundo a Infomoney.


5 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 3 de dezembro de 2015 – 11:04 hs

    A solução para todos os problemas do Brasil é a amputação deste cancro maligno que é o lulopetismo e sua representante máxima. Trata-se de uma medida de saneamento básico.

  2. O CURITIBANO
    quinta-feira, 3 de dezembro de 2015 – 11:07 hs

    EXCELENTE NOTICIA…..

  3. Sergio Silvestre
    quinta-feira, 3 de dezembro de 2015 – 12:25 hs

    Isso ai é ponto para a economia e se cassarem o sabotador do Pais o CÚnha,ai ninguem segura mais o governo.

  4. toninho
    quinta-feira, 3 de dezembro de 2015 – 13:48 hs

    Pelo andar dos indicadores o problema do País está resolvido. Fácil, fácil, bastava o encaminhamento do pedido de impeachment.

  5. quinta-feira, 3 de dezembro de 2015 – 14:37 hs

    A tendência se ela (Dilma) sair é a salvação da Pátria. Os investimentos virão, a Indústria e o Comércio terão novos horizontes de para alavancar seus produtos e a esperança de novos dias para a Nação. A Dilma está num barco flutuando em mares violentos e seu NAUFRÁGIO virá com o tempo. Mais cedo ou mais tarde ela cairá de MADURO, pois seu dia está prestes a ser decidido.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*