Cunha, sempre duas jogadas à frente | Fábio Campana

Cunha, sempre duas
jogadas à frente

Eduardo Cunha concede entrevistas aos jornalistas setoristas da Câmara
De O Antagonista

Eduardo Cunha disse ao Globo que, para a abertura do processo de impeachment, não importa se o Congresso vai aceitar ou não o parecer de Acir Gurgacz pela aprovação das contas de Dilma Rousseff em 2014:

“Em primeiro lugar, afastei a possibilidade do ano de 2014, que é o caso que está se tratando no relatório do TCU. E sempre disse que a decisão do TCU não valeria para essa finalidade, porque o parecer do TCU é um parecer indicativo, que tem que ser referendado ou não pelo plenário do do Congresso. Então, nunca usei como argumentação que o TCU seria a base da aceitação. O que foi aceito trata-se única e exclusivamente da parte de 2015, embora falasse de 2014 e especificamente os decretos feitos em desacordo com a lei orçamentária.”

Eduardo Cunha está sempre duas jogadas à frente.


2 comentários

  1. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 23 de dezembro de 2015 – 21:14 hs

    Eduardo Cunha logo estará na cadeia que é o lugar dele,esse sujeito é simbolo do roubo,do achaque e da degradação dos políticos e imagino que ainda tem gente na oposição se agarrando nesse traste,esse é um morto vivo,não tem escapatória a não ser que a justiça se proste ao lado dos bandidos em detrimento aos cidadãos de bem.
    Esse cara logo terá esgotado seu repertorio de sacanear o Pais, e se não colocarem um bridão nesse sujeito ou lhe reservar uma cela bem fria,podem soltar todos miliantes do Brasil por que tudo estará dominado.

  2. zangado
    sexta-feira, 25 de dezembro de 2015 – 11:02 hs

    Cunha tem aparecido mais pois sabe nadar de braçada nas águas turvas e poluidas da politicagem, mas, não se diferencia muito dos outros chefes dos poderes públicos no senado, supremo e executivo em pedigree !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*