Arcebispo de Curitiba celebra 1ª missa no Plenário da Assembleia | Fábio Campana

Arcebispo de Curitiba celebra 1ª missa no Plenário da Assembleia

índice25

O arcebispo de Curitiba, dom José Antônio Peruzzo, celebrou, a convite do presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB) e da Mesa Diretora, nesta terça-feira (15), a missa de encerramento do ano legislativo. É a primeira vez que uma missa é rezada no Plenário da Assembleia e o espaço foi totalmente ocupado pelo público. A missa teve a presença dos deputados, funcionários, do procurador geral de Justiça, Gilberto Giacóia, e da primeira dama, Fernanda Richa.

Traiano destacou o momento diferenciado pelo qual a Assembleia está passando. “É um momento totalmente diferente para a nossa Casa. Neste templo que é o grande fórum de debates da sociedade paranaense, as ideias divergem permanentemente e é muito importante a presença de Deus entre nós. Hoje estamos aqui vivendo a consagração do nosso ano. Neste ano nós tivemos nesta Casa embates que marcaram a história do Paraná, mas, apesar das divergências de ordem política e ideológica, sempre imperou entre todos os deputados a amizade e a boa convivência”, enfatizou o presidente.

A missa foi celebrada pelo arcebispo de Curitiba que, pela primeira vez, realizou uma cerimônia litúrgica no Plenário da Assembleia. “Nunca me aconteceu de celebrar uma missa em lugares como este, nem em câmara de vereadores. Mas o convite veio para a Assembleia e lembrei de tantas escolhas do Senhor, e aos convites recebidos, respondemos”. O arcebispo agradeceu o convite feito pela Casa e destacou a importância da celebração, enfatizando que temos de ter a capacidade de saber perdoar. “O perdão faz um bem imenso às pessoas perdoadas, mas faz um bem muito maior a quem perdoa. Com isso quero dizer que é muito bom sermos perdoados pelo Senhor, mas faz um bem imenso ao próprio Deus que aceitemos o seu perdão”.

A cerimônia atendeu a uma proposição da Comissão Executiva, que acatou sugestão nesse sentido do deputado estadual Evandro Araújo (PSC), que integra o movimento carismático.

Alunos

Traiano recebeu, pela manhã, alunos de Ibaiti, Trazidos pelo deputado Tiago Amaral (PSB) no programa de encontro de estudantes com o presidente da Assembleia. O deputado fez uma preleção de estimula à participação de jovens lideranças na vida pública. “Só vamos mudar o Brasil no momento em que a consciência política dos jovens for despertada”, disse.

“Esse é um momento de vergonha nacional”, disse Traiano numa referência aos escândalos que sacodem o país. “É também um momento de despertar das consciências e de chamamento para que os bons venham participar da política”. Lembrou que começou a militar na política aos 15 anos, no Grêmio Estudantil de Francisco Beltrão.

Destacou que a Assembleia vem fazendo o possível para atrair os jovens e os idealistas para a política. Citou como exemplo o Programa Geração Atitude, que reuniu projetos de lei produzidos por estudantes de todo o Paraná. Depois de uma rigorosa análise, o mais bem executado deles começou a tramitar na Casa bancado pela Mesa Diretora.


4 comentários

  1. Carlos trevizo
    terça-feira, 15 de dezembro de 2015 – 22:23 hs

    É mais os gafanhotos

  2. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 16 de dezembro de 2015 – 6:47 hs

    Não seria melhor o padre Quevedo?

  3. lou
    quarta-feira, 16 de dezembro de 2015 – 10:36 hs

    Singelo sacrilégio…
    O peso das consciências tem sede de paz espiritual, espero que o Arcebispo tenha colocado alguns kilos de chumbo no parlatório.

  4. quarta-feira, 16 de dezembro de 2015 – 14:18 hs

    esse pessoal ai de cima seguidores do apóstolo Santiago não tem jeito. são contra tudo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*