Recesso de quatro dias no fim de ano não afeta os serviços essenciais | Fábio Campana

Recesso de quatro dias
no fim de ano não afeta
os serviços essenciais

As repartições públicas do Governo do Paraná estarão em recesso funcional entre os dias 24 de dezembro de 2015 a 03 de janeiro de 2016, em decorrência das comemorações natalinas e de ano novo. Tirando os feriados e finais de semana, o período total concedido de recesso aos servidores será de quatro dias úteis (28,29,30 e 31). A medida não afetará serviços essenciais que não admitem paralisação, como hospitais e delegacias.

As equipes técnicas da Secretaria da Fazenda trabalharão em regime de escala. Com isso, não haverá prejuízo aos municípios e nem para o pagamento da folha ao funcionalismo. Todos os repasses e pagamentos da Secretaria da Fazenda, como ICMS, IPVA e parcela do Fundeb, serão feitos nas datas previstas, independentemente do decreto. Também trabalharão as equipes de IPVA e de controle de arrecadação.

Já o pagamento de pessoal do poder executivo e da dívida pública, que inclui precatório, será realizado na última semana de dezembro. O trabalho das equipes da Operação Verão também não terá alteração. Por se tratar de recesso, não haverá desconto de férias e nem da remuneração dos servidores.

Além do governo estadual, o Tribunal de Justiça e o Ministério Público também terão recesso no fim de ano. Como de costume, o período de recesso desses servidores será do dia 20 de dezembro a 6 de janeiro, onze dias úteis. A Assembleia Legislativa determinou férias coletivas aos servidores da casa.


3 comentários

  1. PEDROCA DO SUDOESTE
    terça-feira, 17 de novembro de 2015 – 17:20 hs

    Recesso de final de ano.Uma alegria para a BARNABEZADA,uma semana de festa e diversão.Agora,certas empresas privadas ,se fechar quatro dias,como supermercados e outros segmentos,o prejuízo é grande…..Agora,poder público,economiza luz,telefone,e tal.Enquanto isso,a sociedade fica ralando para sustentar esse povo……..

  2. Palpiteiro
    terça-feira, 17 de novembro de 2015 – 19:23 hs

    Alguns serviços públicos, se forem fechados durante um ano inteiro ninguém sequer sentirá falta.

  3. Barata
    quarta-feira, 18 de novembro de 2015 – 9:22 hs

    Acho que não faz diferença, não sei o que eles fazem lá.
    Sempre muito tarde e muito pouco.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*