Oposição vai ao STF para que voto sobre Delcídio no Senado seja aberto | Fábio Campana

Oposição vai ao STF para que voto sobre Delcídio no Senado seja aberto

O Globo

A cúpula dos partidos de oposição (PSDB, DEM e SD) está reunida no gabinente do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) para redigir um mandado de segurança, em caráter liminar a ser enviado ainda nesta quarta-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF), no qual pede que seja tomada uma decisão sobre como será a votação que vai analisar a prisão do senador Delcídio Amaral (PT-MS). Na ação, eles pedem que o STF decida que o voto de cada parlamentar seja aberto.

Eles alegam que no artigo 53, parágrafo 2, da Constituição Federal, a expressão “voto secreto” já foi retirada por uma PEC, desejando assim que ela seja decidida em voto aberto pela maioria do plenário.

Mais cedo, em reunião com líderes dos partidos, o presidente do Senado, Renan Calheiros analisou a situação. Segundo participantes, a sessão do Senado será aberta, mas a votação será fechada. Para reverter a decisão do STF sobre a prisão, é necessária maioria absoluta: 41 dos 83 senadores. Nos bastidores, há um movimento de senadores ligados ao governo para salvar Delcídio, com o argumento de que não houve flagrante e que isso poderia atingir qualquer senador da República.

– Leia aqui a reportagem completa.


6 comentários

  1. Juca
    quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 16:38 hs

    Está batendo o medo nos senadores, querem voto aberto pois cada um quer mostrar ao eleitorado que está contra a corrupção e roubalheira do PT, não se importando em sacrificar um “coleguinha”, tudo com vistas às eleições de 2018.

  2. Cesar
    quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 17:12 hs

    A população tem de exigir o voto aberto:queremos saber quantos senadores compactuam com o banditismo instalado no País!

  3. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 17:20 hs

    A República de 1988 acabou-se. Tudo precisa ser desfeito e refeito. O Estado brasileiro derreteu, desmilinguiu, ruiu. Todos os poderes estão sob suspeição e deveriam ser investigados.

  4. zé povinho
    quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 17:53 hs

    É mais do que óbvio que o Renan é o primeiro a querer que a votação seja fechada, assim ele tira o dele da reta, porque o próximo da lista é ele. E quem é que quer ir em cana? O Renan não está gostando nada da ideia de passar um tempinho aqui em Curitiba. Segundo andou espalhando lá em Brasília o Senador Maluco, o juiz Sérgio Moro não é de dar trela para vagabundo,

  5. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 19:26 hs

    Em se funcionando o corporativismo, não estranhemos a ordem do Teje sorto!

  6. quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 19:42 hs

    A cada dia que passa temos surpresas agradáveis, como a prisão do Senador Delcídio Amaral. Ele deve ter sido mandado, como outros o são, para ver fritarem a LAVA JATO. E esta está ais forte e firme que nunca, usando seus tentáculos que alcançarão a todos que estiverem envolvidos nesse MAR DE LAMA, fazendo deste País o mais DESONESTO DO MUNDO. A corrupção é a moeda de troca entre Executivo e legislativo. Cadeia nesses calhordas é pouco, devia ter pena máxima ou perpétua.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*