Delcídio propôs a Cerveró fuga pelo Paraguai com jato Falcon 50 | Fábio Campana

Delcídio propôs a Cerveró fuga pelo Paraguai com jato Falcon 50

delcidio_agencia senado

Mônica Bergamo, Folha de S. Paulo

O senador Delcídio Amaral (PT-MS), preso nesta quarta-feira (25), como antecipou a Folha, por tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato, tentou convencer o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró a fugir do país.

O parlamentar queria evitar que o ex-executivo fizesse delação premiada, dando detalhes à Justiça do envolvimento dele em irregularidades na compra da refinaria de Pasadena, nos EUA.

Delcídio procurou Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras, que estava preso, para fazer a proposta. Ele estava acompanhado do advogado do ex-executivo, Edson Ribeiro, que também foi preso nesta quarta. O banqueiro Andre Esteves –que também preso–, do BTG/Pactual, estaria a par das negociações.

O senador e o advogado expuseram na reunião com Bernardo a ideia da fuga.

Cerveró iria de avião até o Paraguai. De lá, embarcaria para Madri, na Espanha. Como tem cidadania espanhola, ele não teria dificuldade de entrar no país e lá estabelecer residência.

A dupla até sugere o avião que deveria ser usado no percurso: um Falcon 50, que não precisaria pousar para reabastecer.

O senador cita, na conversa, o nome de ministros do STF que, segundo ele, estariam dispostos a votar pela soltura dos investigados da Lava Jato que estavam presos em Curitiba. A conversa foi gravada por Bernardo e entregue ao Ministério Público Federal.

A menção aos nomes de magistrados irritou os integrantes do STF (Supremo Tribunal Federal), que nesta terça (24) decidiram autorizar a prisão do parlamentar.

Delcídio e o banqueiro Esteves teriam tido também acesso à pré-proposta de delação premiada que Cerveró já estava negociando com promotores e a polícia. Uma investigação deve ser aberta para que se descubra quem repassou os documentos indevidamente a eles.


10 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 10:48 hs

    Meu velho pai dizia que os vigaristas são sempre os mais sorridentes.

  2. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 10:55 hs

    Não poderia ter fugido num teco teco???????????

  3. DELAÇÃO PREMIADA
    quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 11:02 hs

    Imagine-se o que este safado – tem panca de gicolo argentino – fez quando foi Presidente da CPI do Mensalão. Por isso Doutro Prolegômeno tem razão pois o velho Pai dele também dizia: “MEU FILHO NA ZONA NÃO TEM FREIRA” o que vale dizer, no time do pt só tem malandro e…………..

  4. O BOM
    quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 11:07 hs

    COMO DIZ AQUELA MÚSICA: SE GRITAR PEGA LADRÃO, NÃO FICA UM MEU IRMÃO. TODOS QUEREM FUGIR, LOGO PELO
    PARAGUAI !!!!!!!, É BRINCADEIRA.

  5. FUI !!!
    quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 11:50 hs

    A Lava Jato está metendo na cadeia todos que pertencem a esta
    quadrilha do Lula e da Dilma. Chegaram já pertíssimo do sapo bar-
    budo. Estou esperando…

  6. Juca
    quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 12:28 hs

    Até o fim do ano o cachaceiro vai se hospedar no Complexo Médico Penal. É só aguardar!

  7. Olho vivo
    quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 13:08 hs

    SÓ AS FORÇAS ARMADAS PRA SALVAR O BRASIL…NOVAMENTE.

  8. Willian
    quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 13:12 hs

    Só isso Sergio Silvestre???? seus idolos estão indo todos pra cadeia, e só isso pra dizer, a justiça golpista que prendeu mais um inocente do PTralhismo. Não vai falar mais nada??? Ta ficando dificil hein????

  9. quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 13:42 hs

    TEM QUE FICAR NA CADEIA, POR TENTAR BURLAR A JUSTIÇA E INTERFERIR SOBRE AS PROVAS NO PROCESSO DA LAVA JATO. VAI FALTAR CADEI PARA ESSES CRÁPULAS. Lula que se cuide, pois o Mandado de prisão já está sendo elaborado.

  10. INTRUSO
    quarta-feira, 25 de novembro de 2015 – 14:53 hs

    ESTÁ CHEGANDO A ÉPOCA EM QUE LULA É APENAS UM FRUTO DO MAR!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*