Amigo de Macri | Fábio Campana

Amigo de Macri

lerner - clarin

Um dos brasileiros mais próximos de Maurício Macri é Jaime Lerner. Os dois têm um relacionamento antigo, marcado por projetos comuns, consultoria de Lerner, e amizade regada a bom vinho em noites de Buenos Aires.

Neste link, reportagem do Clarín sobre um evento, realizado em 2014, que tratou de mobilidade urbana com as presenças de Macri, então prefeito de Buenos Aires, e Jaime Lerner. Como pôde ser visto no registro do Clarín, na oportunidade Macri não poupou elogios aos projetos do amigo Lerner.


10 comentários

  1. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 23 de novembro de 2015 – 16:59 hs

    Eita,será que ele vai implantar na Argentina esse modelo de pedagio que nos presenteou aqui no Paraná????

  2. jose
    segunda-feira, 23 de novembro de 2015 – 17:27 hs

    Com certeza, silvestre e depois vai chamar o requião pra enganar trouxas que nem vc com a estória do “baixa ou acaba”…kkkk

  3. leandro
    segunda-feira, 23 de novembro de 2015 – 20:01 hs

    Mais uma notícia que deixa o Requião e seus amiguinhos se mordendo de inveja.
    Eles , o Requião e sua turma de “planejadores” do caos e da discórdia não aceitam o sucesso de Jaime Lerner e das suas obras.
    Quanto o pedágio, entreguem para o DENIT manter as estradas que duas coisas acontecerão: Uma não vão fazer e outra m se fizeram vai custar o “olho da cara” para nós e ainda teremos o “Pixuleco” o retorno.

  4. zé povinho
    segunda-feira, 23 de novembro de 2015 – 20:29 hs

    Não insista na burrice SS, não fale sobre o que você não sabe, em Buenos Aires já existe até pedágio urbano, não sabia disto sabichão? Se liga mano, e vê se cresce sabidão.

  5. renato braga
    segunda-feira, 23 de novembro de 2015 – 21:00 hs

    O Sergio silvestre nao enxerga: 1) cidade industrial 2)Transporte integrado 3)Lixo que nao e lixo 4)Da rua para escola etc etc.

  6. SOLANGE LOPES
    terça-feira, 24 de novembro de 2015 – 0:21 hs

    Não é o Requião?

  7. Observador Atento
    terça-feira, 24 de novembro de 2015 – 8:32 hs

    Caro Sergio Silvestre, ninguem pode negar a capacidade criativa e inovadora de Jaime Lerner. Curitiba, até hoje, é conhecida e reconhecida internacionalmente, não por merito das últimas administrações, mas sim pelas obras e visão de planejamento de Jaime Lerner. O atual prefeito, que sequer teve a capacidade de montar uma equipe administrativa, com base em realizações e passadas e não de obras próprias. Com relação ao pedágio, realmente um contrato que beneficiou as concessionárias. Ingelizmente.

  8. terça-feira, 24 de novembro de 2015 – 9:58 hs

    o sujeito quando faz parte do bem so consegue se juntar com pessoas do bem. diferente daqueles que estão enganjado na eleição de um tal Maduro.

  9. Atleticano
    terça-feira, 24 de novembro de 2015 – 11:50 hs

    Com seus parceiros políticos presos pelo Sérgio Moro, o Sérgio Silvestre deveria dar um tempo, e parar de apontar o seu dedo sujo contra tudo e todos.

  10. Sergio Silvestre
    terça-feira, 24 de novembro de 2015 – 11:53 hs

    Nossa,pedágio urbano,vai brincando com os peniqueiros dai que eles resolvem colocar também ai temos que dar a volta por Santa Catarina para chegar as praias,

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*