TCU não tem força para afastar Dilma, diz Ricardo Barros | Fábio Campana

TCU não tem força
para afastar Dilma,
diz Ricardo Barros

images_cms-image-000460875

Blog 247

O deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), um dos vice-líderes do governo na Câmara e relator do Orçamento para 2016, explica que a Comissão Mista de Orçamento – que vai analisar o parecer do Tribunal de Contas da União referentes as chamadas “pedaladas fiscais”, atua muito mais para conciliar do que para referendar as decisões do TCU; “O ministro Augusto Nardes, quando mostrou um gráfico, disse que as pedaladas no ano de 2014 foram maiores. Ora, se foram maiores, é porque existiram anteriormente. E por que as contas anteriores não foram reprovadas? Uma irregularidade não é pelo tamanho, é por ser uma irregularidade. O Congresso pode fazer essa análise e entender que não é motivo para reprovação das contas”, explicou o parlamentar

Paraná 247 – Relator do Orçamento da União de 2016 e um dos vice-líderes do governo na Câmara, o deputado federal Ricardo Barros (PP-PR) explica que rotineiramente a Comissão Mista de Orçamento atua para conciliar e não referendar e carimbar as decisões do Tribunal de Contas da União (TCU).

O parlamentar admite que o a decisão do Tribunal pode turbinar um pedido de impeachment da presidente Dilma, mas tendo como base a impopularidade momentânea, dificuldade na relação com o congresso e por conta das denúncias de corrupção no governo. “A reprovação das contas, em si, não tem nenhum efeito prático. Eventualmente fazer com que a nossa presidente fique inelegível para uma próxima eleição.”

“O ministro Augusto Nardes, quando mostrou um gráfico, disse que as pedaladas no ano de 2014 foram maiores. Ora, se foram maiores, é porque existiram anteriormente. E por que as contas anteriores não foram reprovadas? Uma irregularidade não é pelo tamanho, é por ser uma irregularidade. O Congresso pode fazer essa análise e entender que não é motivo para reprovação das contas.”

“A praxe da Comissão de Orçamento é conciliar, não é carimbar a decisão do TCU, desde que haja boa vontade das partes. Então provavelmente vai se repetir esse processo”

Sobre a falta de quórum para votar os vetos presidenciais na sema passada: “tem 10 cachorrinhos chorando e só um deles recebe uma teta com muito leite e os outros não, a gritaria vai ficar muito grande. O que aconteceu foi isso, só o PMDB conseguiu matar a fome, os outros não. A gritaria está grande.”


16 comentários

  1. Valmor Lemainski - Cascavel
    segunda-feira, 12 de outubro de 2015 – 9:31 hs

    Será que um “amigo íntimo das construtoras” merece crédito no que diz?…

  2. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 12 de outubro de 2015 – 9:34 hs

    Ninguém tá falando que o TCU tem poder prá afastar Dilma, ô leitão vesgo., um olho numa teta e o outro em outra.
    O gari que faz a minha rua sabe que o TCU [é órgão auxiliar do Congresso, que vai analisar o pedido de rejeição das contas, dai sim, propor ou não o impedimento da incompetente. Mas Ricardo Barros pode dprmir sossegado. Renan Calheiros senta em cima do processo.

  3. JOHAN
    segunda-feira, 12 de outubro de 2015 – 9:59 hs

    Caro FÁBIO, aos poucos o nobre Dep. RICARDO BARROS vem se demonstrando um forte elemento na convicção de que, como membro apoiador do DESGOVERNO da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA, apoiando sistematicamente a presidentA insistentA DILMA A LOUCA PERDULÁRIA – R$ 106,0 bi, TCU, apenas no ano de 2014, vem se distanciando dos eleitores paranaenses honestos, que por 90,0% desejam o fim do DESGOVERNO, que ele participa há mais de 12 anos, inclusive como relator do FICTÍCIO ORÇAMENTO FEDERAL. Desse modo, de seu comportamento está cada vez mais claro que o deputado possui envolvimento, quiçá participação nessas ações. Vamos acompanhar a evolução dos fatos. Atenciosamente.

  4. M.E.J.
    segunda-feira, 12 de outubro de 2015 – 11:53 hs

    Obtuso, como sempre.

    O TCU não vai afastar a Dilma.

    Caso o Deputado não tenha lido a CF.
    A prerrogativa é do Congresso.

    Baseado nas informações do TCU.

    Mais, o Deputado não se atentou para o fato dos programas (alavancados com o dinheiro das pedaladas) terem sido usados e abusados na Campanha da Dilma.

    Trocando em miudos:

    O marqueteiro, a Dilma, o pessoal do PT. mancomunados com os bancos oficiais, RASGARAM a CF. , distribuiram dinheiro sem ter disponibilidade de Caixa, favorecendo a campanha da Dilma.

    O Pleito foi VICIADO.

    Uma CANDIDATA usou recursos PÚBLICOS, sem autorização para tal, TURBINANDO sua campanha, em detrimento aos demais adversários.

    Fosse ele, ambicioso que é, o adversário, acharia a coinduta REGULAR?

    Ele não vê nada de ILEGAL ou de Imoral?
    Será que costuma agir assim nas suas campanhas?

  5. Pablito
    segunda-feira, 12 de outubro de 2015 – 13:12 hs

    Só uma informação a este petista/lulista enrustido: ninguém diz que o TCU pode derrubar Dilma!!! É o crime de responsabilidade, pelo uso ilegal das chamadas “pedaladas” que poderá derrubá-la, se o Congresso, em decisão política, mas baseada no relatório do TCU, assim o entender!!! Não tente tergiversar, seu petista enrustido!!!

  6. Bob Saints
    segunda-feira, 12 de outubro de 2015 – 13:14 hs

    Este cidadão que se intitula Dep.Federal esquece que existe uma Lei de Responsabilidade Fiscal, e que deve ser cumprida. O TCU fez a sua parte, cabe ao Congresso cumprir a Lei.Como é de uma partido o PP que sempre corrompeu, é normal que diga estas besteiras. Maringá deveria ter vergonha em ter este cidadão a representa-los na Câmara Federal.O Paraná não merece este tipo de gente.

  7. Paolo Hemmerich
    segunda-feira, 12 de outubro de 2015 – 16:10 hs

    Não se faça de sonso, deputado!! Tu sabes muito bem que não é o TCU quem quer e pode derrubar Dilma!! É o Congresso, em decisão política, com base no PARECER DO TCU, que constatou o crime de responsabilidade contra a lei orçamentária, praticado pela sua “presidenta”!!!! Portanto, não tente nos enganar, deputado!!!!

  8. MANOEL BOCUDO
    segunda-feira, 12 de outubro de 2015 – 16:18 hs

    NOBRE DEPUTADO MARINGAENSE, COMO É BOM SER AMIGO DO REI, DIGO DA RAINHA, POE A MÃO NA CONCIÊNCIA BARROS, O POVO TODO VENDO ESSAS PEDALADAS E ROUBOS NA PETROBRAS, TODO DIA TEM UMA NOVA SAFRA DE LADRÕES,
    E O SENHOR DEFENDENDO ESSA ALCATEIA

  9. Albert
    segunda-feira, 12 de outubro de 2015 – 16:33 hs

    Esse tal de Ricardo não é o marido daquela que é vice do Paraná, que a filha parece que é alguma coisa, e o irmão ocupa a secretária de planejamento. Tudo uma tropa de não sei o que. Por favor, não entreguem o Paraná para esse povo. Se precisar vou até de Reiqueijão e tropa, prá não entregar prá quadrilha de maringá…..Publique Fábio…..

  10. OLHO VIVO.
    segunda-feira, 12 de outubro de 2015 – 16:48 hs

    ESSE É OUTRO DA MESMA QUADRILHA.

  11. Pietro
    segunda-feira, 12 de outubro de 2015 – 18:51 hs

    A tese do nobre deputado lulista é a de que, como não houve punição para os crimes praticados pela “presidenta” nos anos anteriores, não se pode punir em relação ao mesmo crime praticado no ano passado e no atual!!! Petista, ainda que enrustido, tem cada uma!!!

  12. EU ORA
    segunda-feira, 12 de outubro de 2015 – 20:21 hs

    ABRIU AS PERNAS DEPUTADO.
    VOCE É DA OPOSIÇÃO OU ADVOGADO DE DEFESA DA DILMA???????
    SE FOR PARA FICAR ASSIM É MELHO MANDAR FECHAR O “TCU”
    SEU CAGÃO.

  13. Moisés Fróes
    terça-feira, 13 de outubro de 2015 – 0:08 hs

    Ricardo, vá plantar batata, seu corruPTista.

  14. PEDRO
    terça-feira, 13 de outubro de 2015 – 8:13 hs

    So defendendo os corruPTos, mas nas urnas vc e seus familiares irao ver os resultados, AGUARDEM.

  15. COMANDO
    terça-feira, 13 de outubro de 2015 – 9:56 hs

    O povo tem…

  16. jader rocha
    terça-feira, 13 de outubro de 2015 – 13:19 hs

    LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL É SÓ PARA PREFEITINHO QUE O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO GOSTA DE DESAPROVAR SUAS CONTAS.

    A LEI NAO DEVERIA SER PARA TODOS.

    RICardo vá lamber sabão… vc. nao é o melhor exemplo de politicos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*