Sorriso franco e bons negócios | Fábio Campana

Sorriso franco
e bons negócios

unnamed

Radar, Veja

O desconhecido Halysson Carvalho, que aparece na foto à esquerda com o ex-presidente Lula, é um lobista investigado pela Polícia Federal por ter sido intermediário nas negociações para distribuir propina a políticos e com isso viabilizar a aprovação da medida provisória que prorrogou incentivos fiscais para a indústria de automóveis.

Ex-funcionário da Câmara dos Deputados, o piauiense Halysson atuou na operação em conjunto com Alexandre Paes dos Santos, o APS, parceiro de negócios de Fábio Luís, o filho mais velho de Lula. A mesma investigação descobriu pagamentos de cerca de 3 milhões de reais à LFT Marketing Esportivo, empresa de Luís Cláudio Lula da Silva, o filho mais novo de Lula. Os repasses começaram a ser feitos em 2014 e prosseguiram neste ano. A suspeita de que houve pagamento de propina em troca da edição da medida provisória surgiu na Operação Zelotes, que apura um esquema bilionário de sonegação na Receita Federal. O alto-­comando do PT sonhava com a hipótese de a Operação Zelotes pegar adversários do partido e até ofuscar a Lava-Jato. Deu errado mais uma vez.


Um comentário

  1. RR
    segunda-feira, 5 de outubro de 2015 – 14:00 hs

    VAGABUNDO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*