PMDB ataca Dilma em novo manifesto | Fábio Campana

PMDB ataca Dilma
em novo manifesto

dilma_temer_folhapress

O programa de governo que o PMDB apresentará no encontro da fundação do partido faz o mais duro ataque recente ao PT, culpa a “equivocada” política econômica de Dilma Rousseff por “todos problemas e dificuldades atuais” e sustenta que, ao contrário do que prega o Planalto, a crise “tem, sim, raízes ou causas internas”. As informações são da Folha de S. Paulo.

O documento ao qual a Folha de S. Paulo teve acesso é uma versão preliminar e ampliada, portanto sujeita a alterações, da peça que começa a ser discutida entre dirigentes do partido nesta quinta-feira (29). O manifesto será apresentado num congresso da Fundação Ulysses Guimarães, centro de estudos vinculado ao partido, em 17 de novembro.

O programa, no entanto, passou pelas mãos dos principais caciques peemedebistas. Contou também com a participação de economistas ligados ao partido, como Delfim Netto –um dos principais conselheiros do vice-presidente Michel Temer na área econômica.


4 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 29 de outubro de 2015 – 15:42 hs

    O jogo está jogado. Temer vai sumir de cena, enquanto o circo pega fogo. Os bombeiros não vão aparecer e se vierem não trarão água e sim gasolina. O governo sera calcinado e imolado para expiar os males nacionais. Então, virá o inevitável e indispensável impeachment apenas para varrer as cinzas do governo. Podem encomendar a missa, porque não será necessário o caixão.

  2. M.E.J.
    quinta-feira, 29 de outubro de 2015 – 22:10 hs

    Não conta com a simpatia dos eleitores.

  3. FUI !!!
    sexta-feira, 30 de outubro de 2015 – 4:31 hs

    Política é assim mesmo. A mulher escolheu o seu vice por puro
    interesse partidário e agora fica com meio governo, pois o seu vice
    é contra. Quem perde com isto é o país apesar de que ser vice como
    este e não ter este vice é a mesma coisa…

  4. FUI !!!
    sexta-feira, 30 de outubro de 2015 – 10:45 hs

    O Temer não dorme praticamente nada só para acertar o alvo
    do canhão contra a Dilma.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*