Para aproveitar o sábado | Fábio Campana

Para aproveitar o sábado

música
cafe
– Café no Canto, 21h no Teatro do Paiol
– Adriano Grineberg, 18:30 na praça de alimentação do Shopping Crystal

cinema
roma_citta_aperta
– Ciclo Roberto Rossellini, às 14h na Cinemateca
– Ponte de espiões, diversas salas e horários
– Um Método Perigoso, Netflix

teatro
– Ensaio para um adeus inesperado, às 20h no Teatro Eva Herz (Livraria Cultura – Shopping Curitiba)
– A Estranha Companhia do Palhaço Só, às 15h no Circo da Cidade

exposição

– Romie Pocztaruk, no Museu da Fotografia
– Julio Le Parc – Alquimias, no MON
– Moedas Romanas, no Museu Paranaense

literatura

– Bondinho da Leitura, até às 14:30

gastronomia?

– Gruta da Onça, feijoada

Detalhes no Leia Mais

música?

– O grupo Café no Canto apresenta o show “Canjerê Brasil”, com influência de ritos e ritmos da África na trajetória musical brasileira: a emoção da história que envolve a vinda dos negros escravos, todo seu sofrimento e toda a sua grandiosidade. Da congada, passando pelo maxixe e o samba-de-roda, “Canjerê Brasil” resgata um pouco do nosso sangue musical e as memórias de outros tempos, marcados nas notas de nosso cotidiano, a direção musical é de Suzie Franco. Às 21h no Teatro do Paiol.

– Dentro da programação do Crystal Sessions, Adriano Grineberg se apresenta na praça de alimentação do Shopping Crystal às 18:30. O repertório eclético promete de blues a Pixinguinha, de Bob Marley a Luiz Gonzaga.

cinema?

– O Cineclube da Cinemateca apresenta Ciclo Roberto Rossellini com exibição do filme Sócrates (1971). A cinebiografia apresenta os últimos dias de Sócrates, elucidando de maneira concisa e bastante clara alguns dos mais célebres diálogos platônicos, a exemplo da “Apologia” (discurso de defesa no julgamento), “Críton” (o diálogo sobre a prisão entre um discípulo e Sócrates) e “Fédon” (os últimos ensinamentos do mestre antes de tomar a cicuta). Sábado, às 14h, com entrada gratuita.

– Em diversas salas da cidade está em cartaz “Ponte de espiões”, com direção de Steven Spilberg. A produção americana filmada nos Estados Unidos, Polônia e Alemanha conta a história do advogado especialista em seguros James Donovan (Tom Hanks) que recebe a incumbência de defender um espião soviético no período da Guerra Fria.

– Para quem vai ficar em casa nesse final de semana, a dica é uma opção disponível no Netflix: Um Método Perigoso, David Cronenberg. Sem personagens caricatos, com paisagens de Viena, cenários, figurinos, costumes do início do século passado numa estética que diz não aos excessos, o filme retrata as discussões intelectuais entre Freud e Jung, colocando a figura de Sabina Spielrein (também nome muito respeitado na psicanálise, teve na vida real a possibilidade de conhecer Jung como médico e amante e Freud como interlocutor) como arma para o enredo, fazendo-a uma ponta no triângulo das relações da trama.

teatro?

– “Ensaio para um adeus inesperado” aborda questões existenciais profundas que se desdobram nas narrativas de uma mãe, cujo filho se matou sem deixar nenhum bilhete, e de um filho que rememora suas experiências mais íntimas decidindo-se ir embora. Pleno de delicadeza, estranhamentos, sustos e com uma densidade que não se afrouxa nunca, o texto nos convida a vivenciar o embate entre a força da vida e a força da morte. Hoje, às 20:00 no Teatro Eva Herz (Livraria Cultura – Shopping Curitiba).

– O espetáculo “A Estranha Companhia do Palhaço Só” da Imã Circo, apresenta uma dramaturgia original, centrada na onírica narrativa do Palhaço Só, personagem cômico, que se vê sem graça e já não encontra beleza em sua arte. Cansado da solidão e da mesmice, começa a reviver suas memórias de circo, e com isto é surpreendido por acontecimentos estranhos. Surgem no picadeiro figuras como a Mulher Barbada, o Homem Cachorro de Terno e o misterioso Apresentador ao Meio. Todos estes personagens e suas ações fantásticas ajudam o Palhaço Só a se reencontrar com a sua Companhia e recuperar a alegria de viver. A apresentação é gratuita e acontece às 15h no Circo da Cidade: Rua Benedicto Siqueira Branco, s/nº – Alto Boqueirão.

exposição?

– Dentro da programação da Bienal de Curitiba, está aberta até o dia 10 de dezembro a exposição de Romie Pocztaruk. A temática gira em torno das viagens que o autor fez ao longo dos anos e o que os lugares têm em comum. Do Amazonas à Islândia, de Nova York à China, o conjunto das imagens de “O exercício de olhar” pode ser visto de terça à sexta-feira das 9 às12h – 14 às 18h; sábados, domingos e feriados das 12 às 18h no Museu da Fotografia.

– O artista franco-argentino Julio Le Parc é o homenageado da Bienal de Curitiba. Considerado expoente da arte contemporânea e um dos pioneiros da arte cinética, sua obra está exposta no Olho do Museu Oscar Niemeyer. “Julio Le Parc – Alquimias” pode ser visitada de terça à domingo, das 10 às 18 horas até o dia 10 de dezembro.

– Mostra permanente do Museu Paranaense, “Moedas Romanas” é composta por 29 moedas de diferentes épocas, a partir do século V a.C.. O museu fica aberto para visitação de terça à sexta-feira das 9h às 18h; sábados e domingos das 10h às 16h.

literatura?

– Em 27 de outubro de 1973, na sequência dos trabalhos de implantação do calçadão da Rua das Flores, com a função de constituir um elemento de animação do coração da cidade, o Bondinho da XV foi instalado. A proposta era ser local privilegiado para o atendimento de crianças, enquanto os pais ou responsáveis iam às compras ou realizavam outras atividades na área do calçadão. Na segunda metade da década de 1980, funcionou como Serviço de Informações e Turismo de Curitiba. Em 1989, foi recuperado e retomou sua função como espaço cultural. Mais recentemente o Bondinho passou por obras de revitalização e transformou-se no Bondinho da Leitura, posto de atendimento para o empréstimo gratuito de livros. Fica aberto hoje até às 14:30.

gastronomia?

– A feijoada da Gruta da Onça é disputada desde 1984 quando Edgard Pochlopek abriu as portas de seu misto de restaurante e boteco. Além do tradicional prato de sábado e outras iguarias como carne de onça, rã e petiscos variados, o cliente se diverte e se informa com as histórias do Delegado, como também é conhecido Edgard. A Gruta da Onça fica no Parolin, Rua Alferes Poli, 3333.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*