Sérgio Moro discute com advogada em audiência de Barusco | Fábio Campana

Sérgio Moro discute com advogada em audiência de Barusco

Em audiência realizada nesta quinta-feira (29), na Justiça Federal, o juiz Sérgio Moro discutiu com a advogada de Rogério Santos de Araújo, diretor da Odebrecht. Durante depoimento de Pedro Barusco, a defesa de Araújo questionou a pertinência do interrogatório de Moro, que manteve o procedimento. Veja:

– Imagens: Justiça Federal/ Vídeo: Gazeta do Povo.


15 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 30 de outubro de 2015 – 15:32 hs

    A imprensa gosta de exagerar tudo e engabelar os leigos. São cenas de uma audiência comum, em que os advogados podem livremente discordar das decisões do juiz, reduzindo a termo (no caso gravando) suas divergências para reexame, se for o caso, em grau superior. É o devido processo legal, o contraditório e ampla defesa em todo o seu esplendor, possível apenas num estado democrático de direito. Juízes não são deuses, são servidores públicos de alto nível, sujeitos à lei, bem como os advogados . Não há deuses no direito, além de Themis.

  2. Sergio Silvestre
    sexta-feira, 30 de outubro de 2015 – 16:42 hs

    Noto que as advogadas não são a praia do Moro ele gosta mesmo é de ficar calminho com advogados jovens e sarados.

  3. Juca
    sexta-feira, 30 de outubro de 2015 – 17:00 hs

    E você Calça Frouxa já ajeitou a sunguinha fio dental para desfilar às margens do Lago Igapó mostrando as tatuagens da estrela do PT e da fachada do Lula estampadas nas nádegas?

  4. Fala sério pô
    sexta-feira, 30 de outubro de 2015 – 17:06 hs

    O Luladrão, sempre dizia que a “culpa era das zelites”… “dos ricos”… Agora que o Dr. Sergio Moro, prende uns “das zelites…ricos” a turma dos PeTralias acha ruim.

    Pode isso Arnaldo?

    Esses “pixulecos” me matam de rir kkkkkkkk

  5. valdir bassai
    sexta-feira, 30 de outubro de 2015 – 17:10 hs

    Esse SS é um ptista que esta com o c na mao com medo de perder o bolsa familia.

  6. JOHAN
    sexta-feira, 30 de outubro de 2015 – 18:21 hs

    Caro FÁBIO, o presidente da sala de audiência conduz o evento, permite a manifestação de todos, inclusive ouvindo as manifestações, contudo a lei determina que ele acata ou rejeita as manifestações dos advogados. Por outro lado nada indica que haja necessidade de julgar o JUIZ SERGIO MORO pela régua da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA, que deseja desqualificá-lo como os demais membros da organização. Atenciosamente.

  7. sexta-feira, 30 de outubro de 2015 – 20:48 hs

    O SS eu se cuide, pois o velho adágio popular assim nos ensina: JULGAR OS OUTROS É PERIGOSO NÃO PELOS ERROS QUE PODEMOS COMETER A RESPEITO DELES, MAS PELO QUE POSSAMOS REVELAR A NOSSO RESPEITO. Cuide-se SS que o boomerang vai atingi-lo;

  8. Cajucy Cajuman
    sexta-feira, 30 de outubro de 2015 – 23:02 hs

    Parabéns ao dr. Sérgio Moro. Ele tem que inquirir sim, é de direito do juízo, bem como é natural o espernear dos advogado. ** Mesmo porque, o depoente já havia declarado o recebimento de propina. Portanto, tudo dentro da normalidade.

  9. CRISTOVÃO
    sexta-feira, 30 de outubro de 2015 – 23:29 hs

    Sergio Silvestre….modere

  10. Henry
    sábado, 31 de outubro de 2015 – 9:57 hs

    TACA-LHE PAU NESTES corruPTos E NOS “divogados” DELES TAMBÉM. 100% Dr. SÉRGIO MORO!!!

  11. Brasileiro graças a Deus
    sábado, 31 de outubro de 2015 – 10:19 hs

    Quero acreditar que o Sergio Silvestre passou dos limites. Neste seu comentário ele coloca em dúvida a hora do Juiz Sergio Moro ao insinuar que ele tem preferência por tratar de assuntos da sua profissão com ” advogados jovens e sarados”, o que ele, no mais claro texto, coloca em dúvida a masculinidade de um magistrado da notoriedade do Dr. Sergio Moro. Coisa de petista desesperado mas que ultrapassou os limites da decência e da ética, que aliás nos bons tempos de oposição o PT tanto pregava. Não sei não Sergio, mas acho que você deu um tiro no seu próprio pé.

  12. João
    sábado, 31 de outubro de 2015 – 10:42 hs

    O título de chamada é improprio. Ao invés de “Sérgio Moro discute com advogada” o correto , segundo acompanhei no áudio, deveria ser “Advogada discute com Sergio Moro”. Não discordo da ação da advogada. Entretanto, já se notam manifestações dos interessados na continuação das bandalheiras nas quais meteram o nosso querido Brasil. Aliás, segundo pronunciamento do Ministro Barroso, a atuação do Juiz Sergio Moro não é ponto fora da curva. O restante do judiciário é que deveria ser mais atuante.

  13. Joia
    sábado, 31 de outubro de 2015 – 11:05 hs

    Se houve o pagto de proprina como se deu? cheque? depósito em conta cc? TED?, se em dinheiro, a formação de conjunto de provas fica praticamente impossível, pois é obrigação de todo cidadão registrar os fatos no interessar da sua defesa quando um dia for chamado a prestar contas..
    O interrogatório, ficou capenga..

  14. SOLANGE LOPES
    sábado, 31 de outubro de 2015 – 11:52 hs

    SS, bunda tatuada, quem foi visto na parada gay, com a bunda totalmente a mostra através do seu fio dental foi você. Boi preto conhece boi preto.

  15. Helena
    segunda-feira, 2 de novembro de 2015 – 19:57 hs

    Fique tranquilo SS, ciúmes faz mal à saúde.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*