Medo da inabilitação | Fábio Campana

Medo da inabilitação

Vera Magalhães, Radar on-line

O governo tem um temor adicional no julgamento do TCU sobre as pedaladas fiscais –além da determinação de quitar no ato a dívida com os bancos públicos. É grande o risco de o tribunal condenar à inabilitação para exercer qualquer função pública uma série de autoridades e ex-autoridades do governo Dilma Rousseff.

O maior medo é que a lista inclua o atual ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, que foi secretário-executivo do Ministério da Fazenda entre 2011 e 2013.

Entre os ministros é dado como certo que o relator do processo, José Múcio, adotará essa pena por oito anos para o ex-ministro Guido Mantega e para o ex-secretário do Tesouro Arno Augustin, a quem é atribuída a responsabilidade pelo uso indiscriminado das “pedaladas” em 2014.


2 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 23 de outubro de 2015 – 12:34 hs

    Essa gente já tem inabilitação “de facto”. A inabilitação “de jure” seria mera formalidade. Há membros dos governos lulopetistas, inclusive os chefes de governo, que não conseguiriam emprego de boa categoria em nenhuma empresa privada. Exceto nas empreiteiras, é claro.

  2. sexta-feira, 23 de outubro de 2015 – 12:39 hs

    SE o rombo do DESgoverno era de 57 BILHÕES, agora somando tudo vai dar uns 70 a 80 BILHÕES; não é lindo ?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*