Luiz Carlos Martins descarta licença | Fábio Campana

Luiz Carlos Martins descarta licença

luiz carlos martins2

Em nota enviada ao Blog, o deputado Luiz Carlos Martins descartou a possibilidade de licenciar-se das atividades na Assembleia Legislativa do Paraná. A ideia chegou a ser cogitada por questões pessoais, mas agora, resolvidas as questões particulares, Martins afirma que “não tem motivos para pedir licença do cargo para o qual foi eleito”. Desta forma, Recalcatti, suplente, não assume o mandato de deputado estadual. A nota é o que segue:

“Nos últimos dias, pessoas ligadas ao Delegado Rubens Recalcatti, suplente de deputado estadual no meu partido, o PSD, têm me procurado para pedir que cedesse meu cargo na Assembleia Legislativa por três meses para que ele ocupasse a cadeira de deputado. Em um primeiro momento, cheguei a refletir sobre esta possibilidade, não por questões de saúde, pois estou bem. Cheguei a refletir sobre o afastamento por questões pessoais. Porém, nos dias que seguiram, consegui encaminhar da melhor forma a maioria dessas pendências. Portanto, não tenho motivos hoje para pedir licença do cargo para qual fui eleito, de deputado estadual.

Deixo bem claro aqui que, em momento algum, o delegado Recalcatti me procurou ou me constrangeu pedindo que solicitasse a licença. Da mesma forma, ninguém do PSD fez isso. Tanto o delegado quanto o meu partido têm sido muito éticos neste sentido.

Tenho compromisso com o povo que me elegeu e de forma alguma poderia trair esta confiança

Deputado Estadual Luiz Carlos Martins – PSD”


2 comentários

  1. Juca
    terça-feira, 27 de outubro de 2015 – 19:35 hs

    Deu zebra no plano da turma de livrara cara do delegado corrupto, demagogo e criminoso!

  2. zé povinho
    terça-feira, 27 de outubro de 2015 – 21:23 hs

    Parabéns deputado, o delegado que fique aonde está, deve estar agradecendo à Deus por ter deixado a cadeia.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*