Linha cruzada | Fábio Campana

Linha cruzada

Painel, Folha de S. Paulo

Investigadores que transitam pelas três principais apurações sobre corrupção em curso hoje no país –Lava Jato, Zelotes e Acrônimo– sustentam que, em algum momento, os casos se encontrarão. A participação de lobistas, doleiros e empresas não se restringe a um só esquema. “Alberto Youssef não é doleiro da Lava Jato. É doleiro de dinheiro sujo”, diz um agente com trânsito privilegiado, que aposta que o nome do delator ainda vai aparecer em outras investigações em curso.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*