Liberdade para Recalcatti | Fábio Campana

Liberdade para Recalcatti

unnamed
O delegado Rubens Recalcatti acaba de ser liberado, pela Justiça, depois de uma semana de prisão pelo Gaeco, do Ministério Público. Recalcatti foi recebido por familiares (na foto com filha Heloísa) e policiais civis. Chefe da Divisão de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), Recalcatti é investigado por suspeita do homicídio de um bandido, Ricardo Geffer, envolvido no assassinato de João da Brascal, ex-prefeito de Rio Branco do Sul e primo do delegado. A defesa de Recalcatti nega o crime e critica a atitude do Gaeco, que considera arbitrária.

Recalcatti é um dos delegados mais respeitados dentro da Polícia Civil. Sua prisão causou revolta na Corporação, que vê na ação do Gaeco a continuidade de uma atitude de hostilização da Polícia Civil.


3 comentários

  1. RR
    segunda-feira, 19 de outubro de 2015 – 17:31 hs

    NÃO SE SABE SE FOI ELE,MAS SE FOI,PARABÉNS,BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO.

  2. Intruso
    terça-feira, 20 de outubro de 2015 – 9:47 hs

    Somente quem trabalha corre esse risco.
    Se ñ fossem os policiais civis, nenhum crime seria desvendado..

  3. QUESTIONADOR
    terça-feira, 20 de outubro de 2015 – 9:54 hs

    -Vamos ver o desdobramento desta ação que o GAECO promoveu!!!
    -Membros do GAECO podem ter acendido o estopim para uma crise com a Polícia Civil…vamos aguardar os fatos futuros…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*