Disputa entre Cunha e Picciani leva ao fim do maior bloco da Câmara | Fábio Campana

Disputa entre Cunha e Picciani leva ao fim do maior bloco da Câmara

Foto: Gustavo Abreu/Câmara dos Deputados cunha - foto gustavo abreu_camara

Como a primeira consequência da disputa de poder entre o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e o líder do PMDB, Leonardo Picciani, será desfeito o bloco formado por PMDB, PP, PTB, PHS, PSC e PEN. Juntos, os seis partidos somavam cerca de 150 deputados. As informações são de Gerson Camarotti/G1.

O desmembramento do bloco é visto na Câmara dos Deputados como uma reação de Cunha à aproximação de Picciani ao Palácio do Planalto. O grupo de Eduardo Cunha não esconde mais o incômodo em relação ao movimento governista de Picciani. Por isso, Cunha avalizou o movimento de desfazer o bloco liderado por Picciani.

Os demais líderes partidarios que integram o bloco também demonstraram insatisfação com Picciani por não terem sido consultados na indicação para os ministérios da Saúde e da Ciência e Tecnologia. Com a nova composição, o PMDB deve formar um bloco apenas com o PEN. Os demais quatro partidos devem formar outro bloco.


2 comentários

  1. Fernando Henrique
    quarta-feira, 7 de outubro de 2015 – 13:51 hs

    Que vença o Picciani,que é um mal menor e não é collorido…

  2. antonio
    quarta-feira, 7 de outubro de 2015 – 15:44 hs

    Uma vergonha essa nossa politica, se o Cunha tivesse vergonha na cara e nossas leis e justiça não fossem falhas era bem facil transformaria o Congresso nacional num presidio de segurança nacional acho que iria faltar algema em Brasilia. kkkkk

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*