CPI dos Fundos de Pensão vem a Curitiba pedir ajuda de Sergio Moro | Fábio Campana

CPI dos Fundos de Pensão vem a Curitiba pedir ajuda de Sergio Moro

sergio moro foto gazeta do povo

Os dois deputados federais que comandam a CPI dos Fundos de Pensão vão se encontrar nesta segunda-feira (5) com o juiz federal Sergio Moro. O presidente do grupo, Efraim Filho (DEM-PB), e o relator, Sérgio Souza (PMDB-PR), viajam a Curitiba para trocar informações sobre investigados na Operação Lava Jato que aparecem em investimentos suspeitos promovidos pelos fundos. As informações são de André Gonçalves na Gazeta do Povo.

Há pelo menos quatro nomes que se cruzam nas duas apurações – o doleiro Alberto Youssef; o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto; o vice-presidente da empreiteira Engevix, Gerson de Mello Almada; e o lobista Milton Pascowitch. Todos foram presos pela Polícia Federal (PF) por suposto envolvimento com a corrupção na Petrobras.

Em 2010, a Engevix comprou em parceria com o Fundo de Previdência da Caixa Econômica Federal (Funcef) o estaleiro Rio Grande, no Rio Grande do Sul, da construtora WTorre. Almada informou em depoimento à PF que pagou US$ 120 milhões em propinas para Pascowitch em troca de contratos de US$ 3,4 bilhões do governo federal com o estaleiro.

Convocado pela CPI, Almada foi à Câmara Federal no último dia 22, mas usou o direito de permanecer calado e não respondeu a perguntas dos deputados. Confirmou, no entanto, que conhece Vaccari Neto e o presidente do Funcef, Carlos Alberto Caser.

Leia aqui a reportagem completa.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*